Você se considera uma pessoa consumistas? Se sente mal quando não gasta dinheiro, e compra coisas de que não precisa realmente? É difícil sair da dinâmica gastadora onde estamos mergulhados, mas é muito importante tentar superar essa vontade de comprar sem parar, pois todo esse consumismo desenfreado tem graves consequências ambientais.

Neste mundo globalizado, os desastres ambientais são infelizmente algo generalizado, mas também é verdade que frequentemente acontecem em países que estão há milhares de quilômetros de onde vivemos.

O curta-metragem de animação Wake Up Call criado pelo renomado artista inglês Steve Cutts sob encomenda da Fundação Gaia, e oferece ao público uma visão engraçada, rápida e frenética das atrocidades sociais e ecológicas e o legado tóxico dos dispositivos eletrônicos como smartphones e tablets.

Passando da destruição ambiental, contaminação causada por condições de extração e de trabalho abusivas durante a produção para as montanhas de lixo eletrônico que estão sendo embarcadas para o exterior, a animação mostra o nascimento, vida e morte dos aparelhos que utilizamos diariamente, revelando o seu verdadeiro custo para o planeta e para as gerações futuras .

10697276_770863546305458_5732074865577153044_o-min
Ilustração do artista Steve Cutts

Mas onde é que tudo começa, na fábrica, nos nossos desejos, na educação que nos dão, na pressão social que nos impulsiona a gastar? Ninguém tem grandes dúvidas que pouco se pode fazer a nível pessoal num mundo dominado pela produção em massa de aparelhos que são fabricados para se tornarem obsoletos em pouco tempo.

Ou seja, a obsolescência programada. E com a agravante da maior parte dos resíduos eletrônicos serem difíceis ou mesmo impossíveis de reciclar, acabando por se acumular em lixeiras ou no meio da natureza, gerando consequências desagradáveis tanto para a natureza como para as pessoas que moram perto.

Por muito pouco que possamos fazer, esse pouco poderá fazer a diferença. Como cidadãos podemos reivindicar políticas ambientais sustentáveis, e como compradores também temos um amplo poder de decisão. Nem sempre é suficiente, mas somando os pequenos gestos, podemos conseguir grandes feitos.

Steve Cutts trabalhar como ilustrador em Londres, decidiu levar a vida como um profissional freelancer. Seus trabalhos, como foco na arte, animação e ilustração, são conhecidos mundialmente pela ousadia, força e linguagem direta e crítica à sociedade. Veja aqui.

O vídeo “Man” é mais uma das polêmicas obras de Cutts. Com quase três milhões e quinhentas visualizações na internet, a animação faz uma ferrenha crítica ao ser humano e o seu papel de superioridade perante os demais seres vivos do planeta. As análises do autor se voltam especificamente para o desenvolvimento e atuação não sustentáveis das indústrias em todo o mundo.

A obra mostra diversos animais que são abatidos de forma brutal em prol de empresas atuantes no ramo da moda, gastronomia e até mesmo decoração. O descarte de lixo nos rios, a exploração animal como entretenimento humano e a devastação ambiental desenfreada são outros problemas apresentados em “Man”, que faz um alerta a todos nós sobre os perigos do estilo de vida adotado pelo homem desde a sua existência. Afinal, para que viemos a esse planeta? Só causar destruição?

DEIXE UMA RESPOSTA