O museo MA * GA em Gallarate, Itália, nos arredores de Milão abriu ao público a exposição de moda “Missoni, l’arte, il colore” que celebra o espírito criativo e empreendedor dos Missoni, a grande casa de moda italiana fundada por Ottavio e Rosita Missoni . O local da exposição não é apenas uma coincidência, pois essa é a pequena cidade que o casal escolheu para estabelecer a sua casa e o primeiro atelier de malhas por volta em 1953, a menos de um quilômetro do museu. A mostra ficará aberta até 8 novembro de 2015.

Aquele foi o ano que inspirou o nascimento do futuro museu em 1995, que iria dedicar uma exposição a “Historia de Ottavio e Rosita Missoni”. Desde essa primeira exposição, o processo criativo da Missoni tem crescido no mundo da moda como sinônimo de qualidade, beleza e cor e, especialmente, se aproximando do gênio extraordinário dos dois fundadores para o diálogo com a arte europeia do século XX.

A exposição “Missoni, l’arte, il colore” é uma viagem através de uma centena de obras de artistas europeus com os quais a Missoni se inspirou de forma cultural e artística. Na entrada da exposição uma vídeo instalação de Ali Kazma mostra todo o processo de criação da empresa: a partir do fio para o tecido e depois para o produto final. Ele continua com uma seção dedicada às raízes da empresa, que exibe os trabalhos dos mestres como Giacomo Balla, Fortunato Depero, Sonia Delaunay, Lucio Fontana, Fausto Melotti, Paul Klee, Wassily Kandinsky que moldaram a história da arte europeia com uma surpreendente pesquisa de cor, espaço, ritmo e moda.

A exposição continua com uma série de instalações muito cativantes, projetadas por Luca Missoni e Angelo Jelmini, onde grandes bolas de lã coloridas que simbolizam a matéria-prima que se transforma em fios para em seguida, ser tecida. São apresentados também uma rica amostra dos tecidos históricos que têm caracterizado alguns dos vestidos mais bonitos na casa de moda Missoni.

A exposição continua com uma seção dedicada ao diálogo, ou a relação, por vezes, muito perto da cultura artística da época. Ao lado das coloridas obras de Ottavio Missoni estão obras exibidas por artistas pós Segunda Guerra Mundial. Entre outros Alberto Burri, Giuseppe Capogrossi, Roberto Crippa, Luigi Veronesi, Dadamaino. Na última sala de exposição, uma instalação original criou as obras mais significados de Ottavio Missoni. Grandes tapeçarias feitas de retalhos de tecido de malha, criam um majestoso espaço contemplativo.

A exposição “Missoni, l’arte, il colore” proporciona um diálogo profundo da vida e obra de Ottavio e Rosita Missoni, e a contribuição do casal para o mundo da moda, juntamente com sua dedicação em combinar o artesanato tradicional com o design contemporâneo. A marca Missoni é um verdadeiro rótulo do “Made in Italy”, e hoje continua a representar isso através de suas belíssimas malhas de tricô. A exposição é acompanhada por um catálogo publicado pela Rizzoli, com curadoria de Luciano Caramel, Luca Missoni e Emma Zanella.

A exposição de moda "Missoni, l'arte, il colore" celebra o espírito criativo e empreendedor da grife Missoni stylo urbano-11

1 Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA