A maior parte das notícias que estamos vendo sobre os veículos de auto condução tem sido direcionada para os automóveis e os caminhões mas o futuro do transporte nas cidades também contará com as motocicletas de auto-condução elétricas que podem transportar até dois passageiros por vez para reduzir o espaço nas ruas e os congestionamentos.

Chamado de Cyclotron o veículo conceito futurista sobre duas rodas parece um cruzamento entre os veículos de filmes de ficção científica Tron e Minority Report e por serem autônomos, os passageiros podem conversar enquanto cruzam a cidade. Em um artigo para a Wired, o engenheiro mecânico Charles Bombardier explicou que o seu veículo conceito iria manter a estabilidade usando um giroscópio para mantê-lo em pé mesmo quando estiver parado. É exatamente a tecnologia da motocicleta C-1 da Lit Motors que a Apple está em negociação de compra.

A motocicleta de auto condução Cyclotron será o transporte do futuro nas cidades stylo urbano-1
Dois passageiros ficam sentados de frente para o outro para relaxar e conversar. É a versão futurista das antigas carruagens mas sem motorista humano.

O projeto da motocicleta elétrica foi feito para não emitir poluição, ocupar pouco espaço nas ruas e estacionamentos, ser super segura e cada roda tem motores elétricos para uma melhor tração e eficiência nas curvas. Bombardier desenvolveu a moto conceito com o designer industrial Ashish Thulkar como um vislumbre do transporte autônomo nas cidades inteligentes do futuro.

Esses veículos autônomos de compartilhamento seriam controlados por inteligência artificial e fariam parte da frota do Uber para que não precisemos mais ter a posse de carros mas sim, pagar uma mensalidade para usá-los como fazemos com o metrô e ônibus. 90% do tempo os carros particulares ficam parados ocupando espaço nos estacionamentos, ruas e garagens e 80% desses veículos com espaço para 5 passageiros circulam com 1 ou 2 passageiros. Isso não é eficiente.

Os veículos autônomos de compartilhamento serão a norma nas cidades até 2030, pela sua eficiência energética, zero emissão de poluição além de evitar roubos e acidentes.

A motocicleta de auto condução Cyclotron será o transporte do futuro nas cidades stylo urbano-2
Os dois passageiros entram e saem do veículo através de portas com asas de borboleta.

A Cyclotron iria se recarregar sem fio e poderia comprar e vender energia elétrica em tempo real com outros veículos, dependendo das flutuações de preços. No interior, o veículo oferece conforto e praticidade, com os seus dois passageiros sentados frente a frente como era nas antigas carruagens.

Mas a adição de assentos ajustáveis garantiria espaço suficiente para as pernas e os passageiros entram e saem pelas portas com asas de borboleta, fazendo com que a moto pareça com um inseto futurista.

A motocicleta de auto condução Cyclotron será o transporte do futuro nas cidades stylo urbano-3
Charles Bombardier acredita que os veículos ajudariam a reduzir o congestionamento nas estradas, devido à sua largura reduzida e reduzir o consumo de energia no trajeto.

O engenheiro canadense acredita que os veículos ajudariam a reduzir o congestionamento nas estradas, devido à sua largura reduzida, o que também poderia reduzir o consumo de energia para o trajeto em comparação com os carros elétricos atuais. Em seu blog, Bombardier cataloga uma série de veículos conceito destinado a inspirar as futuras gerações de designers.

DEIXE UMA RESPOSTA