Não é segredo que a gigante da eletrônica Apple está muito interessada em entrar  na indústria automobilística lançando seus próprios modelos de veículos elétricos. Na quarta-feira, o New York Times relatou que a Apple está em negociação com a startup de São Francisco Lit Motors para uma “potencial aquisição” da empresa criadora da inovadora motocicleta elétrica de auto-equilíbrio C-1.

A Lit Motors desenvolveu um veículo que pode ser um divisor de águas para a indústria automobilística. O C-1 é um híbrido de motocicleta e carro de passeio que poderia garantir cidades mais limpas e silenciosas se fosse adotado em larga escala. 80% dos carros que circulam pelas cidades todos os dias carregam de uma a duas pessoa e isso não é eficiente pois além de ocupar espaço para 4 ou 5 pessoas, os carros causam muitos engarrafamentos e problemas de estacionamento.

 

Apple pretende estrear na indústria automobilística com a motocicleta elétrica C-1 stylo urbano-1

O C-1 é 100% elétrico e combina a liberdade e eficiência de uma moto com a segurança e a conveniência de um carro, criando um veículo urbano original que é totalmente fechado e de auto-equilíbrio, e o motorista e o passageiro contam também com a proteção de arbags internos. A inovação do C-1 é seu sistema de estabilidade giroscópica patenteado que faz com que o veículo fique estável sobre suas duas rodas impedindo-o de tombar para qualquer lado, mesmo numa batida lateral.

A parte traseira é grande o suficiente para acomodar um passageiro, ou uma pequena carga. O C-1 é considerado uma motocicleta e isso permite ao motorista dividir as pistas e facilmente deslizar pelo trânsito fazendo com que leve 50% menos tempo no seu deslocamento. E quando chega a um destino, o motorista pode estacionar no mesmo espaço destinado as motocicletas.

Apple pretende estrear na indústria automobilística com a motocicleta elétrica C-1 stylo urbano-2

Outra vantagem do C-1 é seu baixo custo de manutenção. Por se tratar de um veículo elétrico os custos de deslocamento são irrisórios. O veículo pode atingir impressionantes 190 km por hora, oferecendo uma autonomia que varia entre 240 km a 350 km. Suas baterias necessitam de 6 horas para recarregar e ele possui diversas tecnologias de informação wireless úteis ao motorista, como dados sobre o tráfego e condições climáticas.

Com certeza o C-1 é o veículo perfeito para a Apple estrear na indústria automobilística por causa de seu design e tecnologia inovadores que combinam motocicleta e carro no mesmo veículo. Se a Apple comprar a Lit Motors o C-1 será o próximo “objeto do desejo” dos amantes da empresa que poderá utilizar sua tecnologia de dispositivos portáteis com o veículo. Mas o C-1 não é o único veículo que é uma mistura de motocicleta e carro. A Honda lançou o seu híbrido “i-Road” que é similar ao C-1 que infelizmente está disponível só no Japão.

A Toyota lançou no Japão um serviço de aluguel de seus veículos elétricos compactos de três rodas “i-Road”,  como uma tentativa de reduzir a poluição em Tóquio. Os motoristas podem pegar um dos carros em um único local, mas pode deixá-los em cinco outros locais espalhados pela cidade que contam com as estações de carregamento elétrico i-ROAD.

Este serviço é uma parceria entre a Toyota e Park 24, que opera parques de estacionamento em todo Japão. O veículo de três rodas tem 2,3 metros de comprimento e 87 cm de largura. Embora o i-Road pareça uma moto, o veículo de uma passageiro requer uma licença de carro em vez de uma licença da motocicleta.Sua velocidade máxima é de 60 km por hora. Pelo seu design futurista e cores fortes o i-Road é ideal para pessoas modernas ou fashionistas.

Além de ser lindo e vir em diversas cores, o seu design compacto torna seu estacionamento super fácil e é prático de dirigir. Ele é bem mais confortável e seguro para andar do que uma motocicleta. Essas qualidades são mais valiosas em áreas metropolitanas com alta densidade populacional, especialmente pelo fato dele  ser pequeno.

O legal do conceito do i-Road é que ele tem as qualidades de uma motocicleta pois suas três rodas facilitam pequenas curvas e consome pouco espaço no estacionamento. Por outro lado, ele tem o conforto de um carro pois pode dirigi-lo na chuva e sem capacete.

O i-Road e o C-1 são o futuro do transporte nas cidades e com os avanços na tecnologia dos carros autônomos, esses veículos elétricos de um lugar vão ser perfeitos para empresas como a Uber que poderá ter frotas de veículos controlados por inteligência artificial para transportar os passageiros para todo lugar.

DEIXE UMA RESPOSTA