A startup californiana Imprint Energy desenvolveu baterias flexíveis e recarregáveis que podem revolucionar a criação e desenvolvimento de sensores, dispositivos eletrônicos portáteis e roupas inteligentes. As novas baterias ZincPoly feitas de zinco, material abundante e não tóxico, são ultra finas e podem ser personalizadas e impressas em qualquer tamanho e forma, liberando a criatividades dos designers para criar dispositivos flexíveis mais adaptados as curvas do corpo humano com menos restrições de design.

Através da utilização de zinco, as novas baterias são muito mais baratas, mais sustentáveis e mais fáceis de fabricar do que as alternativas altamente reativas à base de lítio. As baterias de zinco tradicionais não são recarregáveis pois facilitam o crescimento de ácido aquoso em sua embalagem, o que faz a bateria parar de trabalhar.  A Imprint Energy utiliza um polímero altamente condutor em vez disso, tornando suas baterias mais finas, imprimíveis, flexíveis e recarregáveis.

A empresa tem testado o uso da tecnologia ZincPoly em diversas aplicações, como dispositivos médicos, etiquetas inteligentes, sensores ambientais além de relógios, pulseiras, óculos e roupas inteligentes. Outras futuras aplicações incluem a possibilidade de embutir as baterias em rótulos, pacotes e embalagens inteligentes para alimentos.

A Imprint Energy, que é apoiada pela Universidade da Califórnia onde a pesquisa inicial foi realizada, está colaborando com os militares americanos no uso das baterias em sensores portáteis para monitorar a saúde dos soldados. Essa nova tecnologia é perfeita para alimentar a enorme quantidade de sensores necessários para o desenvolvimento da Internet das Coisas e também a Internet das Roupas.

Fonte: Imprint Energy

DEIXE UMA RESPOSTA