O que as empresas privadas não podem fazer muito melhor do que empresas públicas? Esqueça a Nasa, a empresa aeroespacial americana Blue Origin aterrissou com sucesso o primeiro foguete reutilizável do mundo chamado “New Shepard” em um local de lançamento no oeste do Texas. O veículo atingiu uma altitude de 100 km, antes de retornar à sua posição de aterrissagem no solo. A Blue Origin foi fundada por Jeff Bezos, e conseguiu fazer algo que nenhuma agência aeroespacial controlada por um governo conseguiu fazer, criar um foguete que pode fazer diversas viagens ao espaço e voltar.

Blue Origin cria o primeiro foguete reutilizável do mundo para viagens espaciais stylo urbano-1

Com essa façanha a Blue Origin conseguiu construir um foguete reutilizável projetado para levar clientes pagantes em um vôo suborbital no espaço. O projeto tem uma abordagem sustentável, não só para o turismo espacial, mas também para a exploração do espaço. O foguete da Blue Origin foi concebido a partir do zero com a sustentabilidade econômica como um dos fatores determinantes, tanto com o veículo de lançamento e as naves espaciais, conhecidos coletivamente como New Shepard, que tem a capacidade de serem reutilizados múltiplas vezes.

O motor BE-3 que alimenta o foguete é capaz de produzir um poderoso propulsor de empuxo tanto na subida e como numa descida controlada. Durante o ensaio, recente, que ocorreu em 23 de novembro na instalação de lançamento da empresa no oeste do Texas, após re-entrar na atmosfera e abandonando o veículo espacial, a seção do propulsor foi inicialmente estabilizado por passagem de ar através de um anel na parte superior do veículo de lançamento, centrando a pressão do ar.

Além disso, oito freios de arrasto foram implantados para reduzir a velocidade do foguete de 623 km/h e pequenos propulsores de comando hidráulico, dirigiram o veículo por meio de ventos de grande altitude para um local precisamente alinhado com a pista de aterrissagem. Outra empresa que está projetando foguetes reutilizáveis é a SpaceX do milionário dono da Tesla Motors, Elon Musk, que chegou perto de conseguir o feito em abril, com seu foguete Falcon 9 tocando com sucesso no convés de uma plataforma no mar antes de tombar e explodir.

Com a competição entre empresas aeroespaciais privadas e o fim do monopólio das agências governamentais, a tentativa de cortar os custos através da utilização de componentes reutilizáveis para ​​veículos lançadores irá revelar-se um fator chave na democratização do voo espacial, assim dentro de alguns anos, os voos espaciais estarão acessíveis para pessoas de classe média. Mas existe outra forma mais barata de conhecer o espaço, e é através da realidade virtual proposto pela SpaceVR.

Blue Origin cria o primeiro foguete reutilizável do mundo para viagens espaciais stylo urbano-2 Blue Origin cria o primeiro foguete reutilizável do mundo para viagens espaciais stylo urbano-4

DEIXE UMA RESPOSTA