A empresa de biotecnologia Bolt Threads lançou a primeira gravata unisex do mundo feita de seda de aranha tecida em máquinas de tricô. O design elegante da gravata mostra que este tecido inspirado na natureza não está mais limitado aos laboratórios de tecnologia. Feita 100% da seda de aranha sintética, a gravata é o primeiro produto desse material disponível para compra.

Os cientistas e os bioengenheiros têm pesquisado por muitos anos as propriedades da seda da aranha, que finalmente pode ser transformado em fios mais resistentes que o aço e kevlar, o material usado para fazer coletes à prova de bala . A Bolt Threads começou a estudar o DNA da seda das aranhas para aprender a reproduzir sinteticamente o fio em um laboratório.

A empresa conseguiu copiar a seqüência genética de seda de aranha natural e desenvolveu um material sintético usando principalmente uma mistura de açúcar, água, sais e levedura. A levedura produz proteína de seda numa forma líquida, a qual é então centrifugada numa fibra de alta tecnologia e sustentável pois não é feito de petróleo nem precisa de terra, água e pesticidas como o algodão. O que falta saber é se o valor dos fios de seda de aranha vão torná-los competitivos no mercado de moda.

Bolt Threads lança a primeira gravata com seda de aranha do mundo stylo urbano

O processo de fabricação natural é uma maneira sustentável de produzir materiais naturais, respiráveis ​​e mais fortes para usar no futuro. A Bolt já se associou com a marca Patagonia, para aproveitar o poder da seda de aranha nas roupas esportivas. Em comparação com o poliéster feito a partir de fibras derivadas do petróleo, a seda de aranha sintética é feita de açúcar de plantas que podem ser cultivadas, colhidas e replantadas, formando um ciclo saudável.

Bolt Threads irá lançar 50 de suas gravatas de seda de edição limitada, que serão distribuídas através de uma loteria em seu site custando US $ 314 cada. Serão as primeiras peças de vestuário feitas de seda de aranha a se tornar comercialmente disponíveis.

DEIXE UMA RESPOSTA