Cientistas desenvolveram uma bio-bateria feita inteiramente de tecido e alimentada por bactérias, que um dia poderia ser integrada em eletrônicos vestíveis. A equipe liderada pelo professor Seokheun Choi da Universidade de Binghamton, criou uma bio-bateria têxtil que apresenta capacidade de geração de eletricidade estável mesmo quando sofre repetidos alongamentos e torção.

Choi disse que este dispositivo esticável e funcional poderia estabelecer uma plataforma padronizada para bio-baterias têxteis que seriam no futuro integradas em eletrônicos portáteis e roupas inteligentes.

Cientistas criam primeira bio-bateria elástica têxtil para wearables e roupas inteligentes stylo urbano
Esta bio-bateria de tecidos é alimentada por bactérias e um dia poderia ser utilizado em roupas inteligentes.

“Há uma necessidade clara e urgente para eletrônicos flexíveis e elásticos que podem ser facilmente integrados com uma ampla gama de ambientes para coletar informações em tempo real”, disse Choi. “Essa eletrônica deve funcionar de forma confiável, mesmo quando utiliza substratos com formas complexas e curvilíneas, como mover partes do corpo ou órgãos. Uma bio-bateria têxtil flexível, poderá fornecer energia de forma útil por causa de suas capacidades sustentáveis e renováveis”.

Em comparação com as baterias tradicionais e outras células de combustível enzimáticas, as células de combustível microbianas podem ser a fonte de energia mais adequada para wearables e vestuário inteligente porque toda a células microbianas com um biocatalisador proporcionam reações enzimáticas estáveis e um longo tempo de vida. O suor gerado pelo corpo humano pode ser um potencial combustível para suportar a viabilidade bacteriana, proporcionando a operação de longo prazo das células de combustível microbianas .

“Se considerarmos que os seres humanos possuem mais células bacterianas do que células humanas em seus corpos, o uso direto de células bacterianas como uma fonte de energia de forma interdependente com o corpo humano é concebível para eletrônicos vestíveis “, disse Choi.

Fonte: Texplore

DEIXE UMA RESPOSTA