Essa notícia com certeza vai agradar a arquitetos, marceneiros e designers pois os pesquisadores da KTH The Royal Institute of Technology de Estocolmo desenvolveram um novo tipo de material de madeira que é visivelmente transparente.  Quando se tornar comercial, poderemos fazer janelas, móveis e as paredes de madeira dos edifícios poderão se transformar em janelas e painéis solares transparentes.

Para criar este material de madeira transparente (que tecnicamente não é 100% de madeira) os investigadores da KTH utilizaram um processo químico para remover a lenhina que é um componente natural da parede celular da madeira. Removendo a lignina cria-se uma espécie de madeira branqueada, que a equipe faz torna mais clara com um pouco de ajustes e engenharia de nanoescala. O resultado é um folheado de madeira, cuja superfície porosa é preenchida com um polímero transparente. Esse é um avanço tecnológico tão incrível como a película de vidro ultrafino e flexível da Schott que vai ser o futuro da indústria eletrônica.

Num futuro próximo, essa nova madeira poderá ser usada para fazer janelas ou até mesmo uma espécie de tela de privacidade que permite a entrada de luz, mas permanece um pouco opaca. Os pesquisadores também acreditam que o material de madeira poderia ser usado para fazer células solares transparentes de forma acessível, que é mais fácil de fabricar e não faz mal ao meio ambiente pois é biodegradável.

A madeira transparente é um bom material para células solares e é mais adequado para a produção em massa pois é de baixo custo, facilmente disponível e um recurso renovável. Os pesquisadores que desenvolveram o material acreditam que a madeira transparente é sustentável, forte e durável para ser usada no exterior dos edifícios. Será que as fachadas dos edifícios do futuro serão de madeira transparente em vez do tradicional vidro? Só o tempo dirá.

Cientistas suecos criam a primeira madeira transparente do mundo para edifícios e painéis solares stylo urbano

DEIXE UMA RESPOSTA