Os consumidores estão cada vez mais conscientes de como o fast fashion está tendo um impacto negativo sobre o meio ambiente e as comunidades, devido aos seus altos volumes de consumo de algodão e poliéster convencionais que são poluentes, condições de trabalho desumanas e resíduos industriais tóxicos através dos processos de tingimento e pesticidas químicos. Uma empresa que pretenda romper esse ciclo insustentável é a MUD Jeans, uma empresa holandesa em rápido crescimento especializada em calças jeans sustentáveis.

Falando no evento Sustainable Brands 2016 na Austrália, O CEO e fundador da MUD Jeans, Bert van Son, disse que a empresa permite aos clientes fazer compras de jeans através de um conceito de “aluguel de jeans” o que torna possível aos clientes usar sua calça jeans e devolver após o uso. Isso permite que os clientes renovem seu guarda-roupa pelo tempo que quiserem.

“Basta pagar uma taxa mensal de 7,50 euros por 12 meses, e após esses 12 meses se o cliente quiser, pode comprá-la ou também pode enviá-la de volta para ser customizada num novo par de jeans”, ele disse. “Uma vez que o jeans volta, nós adicionamos detalhes como manchas e aplicações de costura para depois vendê-la como calças jeans vintage”.

Como a MUD Jeans engaja seus clientes a aderir a economia circular stylo urbano-1

A marca tem implementado uma série de iniciativas de marketing para garantir que os clientes não estejam apenas envolvidos com a filosofia da marca, mas se tornem defensores do conceito de economia circular. Segundo Bert van Son: “Quando os clientes trazem de volta seus jeans, pedimos que contem uma história pois as pessoas gostam de falar sobre seus jeans, especialmente na mídia social.”

Como resultado, 80% dos clientes enviaam seus jeans de volta para a empresa e se sentem feliz com isso, porque sabem que a MUD Jeans vai fazer algo interessante com eles. Dessa forma a marca mantem a fidelidade dos clientes, porque sabe que eles sempre irão comprar uma peça da marca. Ao mesmo tempo, a empresa vende o mesmo produto duas vezes, mas de uma maneira um pouco diferente.

Já as calças jeans que não podem ser revendidas por estarem muito velhas ou danificadas, serão então trituradas por reciclagem mecânica para obter as fibras de algodão reciclado que serão misturadas ao algodão novo para se transformar em outras peças de vestuário, como blusas e camisetas. “Desta forma, você está usando menos produtos químicos, menos desperdício e menos emissões de CO2“, disse Bert van Son. Não é a toa que a Holanda é tida como a capital mundial do denim por ser tão vanguarda.

Como a MUD Jeans engaja seus clientes a aderir a economia circular stylo urbano-2

Para tornar a vida do cliente que compra online mais fácil, para cada peça escolhoda, a marca envia dois pares adicionais para esperimentar, juntamente com uma sacola reutilizável para retornar todos os itens indesejados. Isso criou uma resposta positiva na mídia social dos clientes da marca, que apoiam os valores sustentáveis da marca.

“Trabalhamos com uma grande empresa na Finlândia chamado Repack, que cria um tipo fantástico de embalagem que pode ser reutilizado 30 vezes”, disse Bert van Son. “Os clientes estão agora preenchendo o nosso Facebook e Instagram com fotos de nossas embalagens e compartilhando-as.”

A fim de promover o envolvimento do cliente ao construir o modelo de sustentabilidade, Bert van Son disse que a empresa recentemente assumiu um grande projeto de reciclagem, onde recolheu milhares de calças jeans em vans e as direcionou para uma fábrica de reciclagem em Valência na Espanha, compartilhando toda a viagem com os clientes que pode ser visto aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA