A impressão 3D já está sendo utilizada por vários designers e estilistas para fazer roupas como foi o caso recente da estilista Danit Peleg, mas existem outras técnicas têxteis que criam tecidos com efeitos tridimensionais que parecem mais com esculturas e essa técnica é chamada de tecelagem 3D ou 3D Weaving. A seguir irei apresentar alguns designers que utilizaram cada um a sua maneira, a tecelagem 3D de um forma nunca antes vista.

A tecelagem 3D é um novo conceito no caso de tecelagem. Para se criar tecidos tridimensionais, precisa-se de comprimento, largura e espessura. Nos tecidos tridimensionais, a espessura é um critério importante. Tecidos comuns também tem comprimento, largura e espessura, mas nos tecidos tridimensionais, a espessura é muito mais alta e complexa do que o tecido normal. A espessura é conseguida através da formação de várias agulhas que usam uma série de urdiduras e multi séries de tramas, que utilizam interseção em ângulo de 90°.

Conheça a tecelagem 3D, uma nova forma de fazer tecidos com efeitos tridimensionais stylo urbano-2

Isso não pode ser realizado com os métodos e máquinas tradicionais existentes no mercado. A máquina de tecelagem 3D entrelaça uma urdidura de múltiplas camadas com múltiplas tramas horizontais e tramas verticais múltiplas que produzem diretamente tipos sólidos e tubulares de tecidos 3D totalmente entrelaçados com perfis transversais incontáveis. Essa nova tecnologia de tecelagem 3D levou a fabricação de tecidos para uma nova dimensão, pela primeira vez em seus mais de 27 mil anos de história.

Um projeto incrível utilizando a tecelagem 3D foi a impressora Weaver 3D criada pelo designer industrial nigeriano-americano, Oluwaseyi Sosanya, que apresentou sua impressora como proposta final do curso de pós-graduação no Royal Academy of Art. A Weaver 3D é um dispositivo que pode revolucionar a forma como fabricar roupas pois tece tecidos em formas tridimensionais, criando um design muito bonito de malhas com design geométricos que são ao mesmo tempo inovadores e intrigantes.

As camadas têxteis são entrelaçadas em diferentes alturas e então o tecido tridimensional, é mergulhado no silicone. Ou seja, é diferente de uma impressão 3D em que normalmente se deposita o polímero em camadas e está pronto o objeto. É como se fosse um tear, que tece em 3D, nos moldes de uma impressora 3D simples. Como o tecido é colado com silicone, isso o torna mais flexível e forte ao mesmo tempo. O designer se inspirou nos favos de mel das abelhas pelo seu design perfeito, estável e flexível.

Para testar o material, foram feitos solados de calçados usando uma combinação de algodão, papel e lã, em um fio contínuo. As primeiras solas para sapatos feitas de tecelagem 3D podem parecer engraçadas, mas elas reagem à pressão da mesma forma que um tênis normal, pois elas absorvem o impacto e mantem os dedos do pé em relativo conforto. Além da utilização para fazer acessórios e peças de design, o material pode ser aplicado também em capacetes, coletes à prova de facadas ou implantes médicos. Legal né?

Veja abaixo um tecido 3D que serviu de base para dar forma a Space Chair criada pela designer têxtil Samira Boon que é especializada em tecelagem 3D. Dois pedaços de tecido são parcialmente entrelaçados e parcialmente separados. A dobragem do tecido se torna o pano bidimensional para um objeto tridimensional. A cadeira tem uma estrutura firme tanto pelo tecido duplo como suas curvas, que foram endurecidas em 3 dimensões por meio de resina que lhe dá as qualidades construtivas.
Conheça a tecelagem 3D, uma nova forma de fazer tecidos com efeitos tridimensionais stylo urbano-6Samira Boon é um estúdio de design holandês que faz produtos funcionais e têxteis com excelente simplicidade e tato. Inspirando-se em pesquisas de materiais e técnicas de produção, Samira Boon criou uma coleção exclusiva de produtos e trabalha em colaboração com vários artistas, designers e arquitetos para extrapolar o forma e criar novos tipos de produtos utilizando a tecelagem 3D.

Samira Boon tem um trabalho fantástico de experimentação no design têxtil, criando novas formas de tecidos que podem ser tanto plissados para parecer origamis como podem ser totalmente construídos em teares eletrônicos. Samira cria tecidos arquitetônicos.

Graças a uma nova técnica de tecelagem 3D agora é possível criar têxteis arquitetônicos espaciais em uma única sessão.

Outra empresa que investe na tecelagem 3D é a 3D Weaving da Bélgica, que é especializada na produção de tecidos 3D desde 1971. Isto inclui tecidos altos, multicamadas, tecidos tubulares ou uma combinação de tecidos mais complexos. Cada tecido é feito para um cliente específico sob medida.

Conheça a tecelagem 3D, uma nova forma de fazer tecidos com efeitos tridimensionais stylo urbano-8

A 3D Weaving tem muita experiência com tecidos naturais (algodão, linho, cânhamo, sisal, etc), sintéticos (HT-PES, PA, aramida, Dyneema, etc) e minerais (basalto, vidro, etc) fios que podem ser de multifilamento, monofilamento ou fiados. Devido à grande variedade de possibilidades da tecelagem 3D, ela é amplamente difundida no mercado com uma série de aplicações na indústria em geral como você pode ver abaixo. A tecelagem 3D que talvez, você nem sabia que existia, tem mil e uma utilidades.

Conheça a tecelagem 3D, uma nova forma de fazer tecidos com efeitos tridimensionais stylo urbano-9

DEIXE UMA RESPOSTA