As semanas de moda internacionais são uma oportunidade para os estilistas apresentarem seus pontos de vista sobre as tendências, idéias e estilos para os compradores e o público, atraindo os amantes da moda, jornalistas de moda e formadores de opinião para encontrar inspiração e peças que definem o estilo da próxima temporada. São as criações que aparecem nas passarelas das semanas de moda de todo o mundo que prepararam o palco para o que se espera para os próximas estações que estão por vir. É também através destes eventos anuais que as idéias sobre quem somos e o que vestimos mostra a nossa identidade.

Como os designers, consumidores e empresas continuam a perceber a importância da sustentabilidade na segunda indústria mais prejudicial para o ambiente do mundo, a crescente popularidade das semanas de moda “eco” sustentáveis em grandes cidades ao redor do mundo reflete essa tendência. A partir do Eco Fashion Week (EFW), um evento anual que acontece em Vancouver no Canadá e também em Hutt City na Nova Zelândia, até a cidade de Berlim com o Ethical Fashion Show, essas semanas de moda estão provando ser muito mais do que apenas belas modelos desfilando numa passarela.

Um grande exemplo é a EFW, que agora está entrando em sua 9ª temporada. Sua missão é informar e inspirar “a moda-consciente de espírito e igualmente sustentável que harmoniza beleza e meio ambiente”, com a crença de que o estilo está inegavelmente ligado à inovação e sustentabilidade.

O evento apresenta seminários, Workshop, palestras de representantes da indústria e desfiles de moda para uma mistura diversificada de clientes globais VIP, compradores, designers, estilistas, fotógrafos e os meios de comunicação. O mais interessante do evento é o seu foco em se afastar do “estigma hippie” que acompanha a moda sustentável por décadas.

Da mesma forma, o GreenShows LLC (TGS) é uma empresa baseado em Nova York, líder em eventos de educação e consultoria dedicada à promoção e crescimento do movimento da moda sustentável no mercado de luxo. Desde 2009, o TGS tem se concentrado em reunir a comunidade de moda de luxo sustentável, que engloba designers, fabricantes, fornecedores, varejistas, celebridades, todas as plataformas de mídia e consumidores, através da educação e eventos.

Depois de hospedar 30 desfiles e 2 lojas no Soho,  East Village, e em outros bairros da moda em Nova York, o TGS fez sua estréia no Mercedes-Benz Fashion Week no Lincoln Center em 2012, apresentando oito designers de moda e nove designers de acessórios.

Em uma cidade que pode sem dúvida ser classificada como a capital da moda do mundo, servindo como sede para mais de 1.000 empresas de moda e sendo o maior mercado de varejo no país, um evento e organização dessa natureza é imperativo para o movimento da moda sustentável.

Para Dominique Drakeford, uma consultora sobre moda ética do TGS, Nova York sempre foi “um caldeirão de criatividade e inovação com uma história ilustre na moda. Mas posteriormente, perpetuou uma cultura de desvalorização do artesanato e começou a adotar o modelo de produção fast fashion com os hábitos de produção globalizados desagradáveis” disse Dominique.

Ao discutir os maiores sucessos da TGS, Dominique Drakeford diz: “Estar no negócio de moda sustentável é uma paixão inabalável para mim. Isso nunca é fácil contra as ideologias dominantes, mas nós crescemos a partir dos desafios. O desfile na MBFW mostrou que é possível e no futuro será semelhante. Com esse evento, fomos impulsionados para a frente e nos tornamos pioneiros na moda e estilo de vida sustentável”.Sobre os desafios, ela comenta:“O maior obstáculo inicialmente foi a falta de recursos, mas nós não pensamos que será um problema daqui para frente.”

Em 2015, a organização era parte de inúmeros eventos para traziam a conscientização e educação para a comunidade de moda, realizado por organizações incluindo, NRDC’s NY Council, FIT Department of International Trade & Marketing, Pratt Center for Sustainable Design Studies, Brooklyn Fashion & Design Accelerator, Columbia Business School, Green Business Club e Parsons The New School for Design.

Para Dominique Drakeford, a crescente discussão em torno da moda sustentável demonstra que “a moda de luxo sustentável está emergindo e lentamente se tornando aceito em diferentes plataformas, embora não seja amplamente manifestado como tal.”

Com o crescimento do “Fashion Revolution Day“, uma campanha de consciência social que foi deflagrada após a tragédia do Rana Plaza em Bangledesh, uma infinidade de designers e marcas estão implementando práticas conscientes na sua fabricação, assim Dominique Drakeford e a TGS acreditam que haverá um crescimento exponencial da indústria de forma sustentável.

Jóias e acessórios sustentáveis apresentados no evento TGS no Mercedes Benz Fashion Week em 2012

Como a moda evolui, a infra-estrutura que suporta o mundo da moda está evoluindo também. Isso inclui regulamentos de apoio à produção de moda, as idéias e educação que levam estilo e conceito das semanas de moda. Talvez a próxima evolução das semanas de moda sustentáveis será focar na população em geral, e não em eventos alternativos, mostrando a sustentabilidade e comportamento ético como um valor fundamental. Dito isto, o mundo da moda está definitivamente pisando no caminho certo.

DEIXE UMA RESPOSTA