SAM 100 é a abreviação de “Semi Automated Mason” e é capaz de colocar 3.000 tijolos por dia, o que o torna 500% mais rápido que os pedreiros humanos. O robô pedreiro foi criado pela empresa de Nova York Construction Robotics para fazer a tarefa repetitiva e extenuante de levantar e colocar cada tijolo no lugar e com isso diminuir os custos totais da obra e diminuir o tempo da construção.

De acordo com a empresa, 3.000 tijolos tem um custo de 4,5 centavos por tijolo. Baseado no salário mínimo de um pedreiro humano que recebe US $ 15 por hora com uma eficiência média de 500 tijolos por dia, ele custará à construtora cerca de 32 centavos por tijolo, isso é mais do que 7 vezes o custo de um pedreiro robô.

Mas o SAM 100 não é capaz de trabalhar de forma independente pois precisa que um pedreiro para colocar os tijolos em sua correia transportadora para serem recolhidos pelo braço robótico, onde serão “lambuzados” com argamassa e colocados na parede. Depois disso, outro pedreiro tem que vistoriar o trabalho do robô, limpando o excesso de argamassa da parede.

Conheça SAM 100, o robô pedreiro que é 500% mais rápido do que os humanos stylo urbano

CONSTRUÇÃO ROBÓTICA

Este tipo de eficiência torna a construção mais rápida e barata, o que será apenas uma questão de tempo antes da tecnologia ser adotada em massa entre as empresas de construção. O SAM 100 já foi implantado em vários canteiros de obras nos Estados Unidos e agora começará a ser utilizado por construtoras do Reino Unido.

Embora o robô pedreiro seja uma grande inovação tecnológica, a forma dele levantar a parede com tijolos unidos com argamassa está ultrapassada. Por que não utilizar tijolos de plástico reciclado que se encaixam feito Lego? Se é para ser revolucionário então sejamos 100%.

Em vez de perder tempo preparando argamassa para passá-la no tijolo, o SAM 100 poderia levantar paredes com tijolos de plástico reciclado como o BRICKARP. Os blocos são leves, modulares, podem ser montados facilmente e são uma alternativa sustentável, limpa, rápida, segura, barata e podem durar 500 anos. Já o BLOCKARP são tijolos feitos de papel reciclado para uso interior. Reciclar milhões de toneladas de plástico e papel em tijolos não é uma opção mais inteligente? As paredes depois podem receber uma pintura.

Outro tijolo no estilo Lego foi elaborado pela empresa inglesa Ecomat Research, e é feito à base de plástico reciclável, cimento e argamassa. Cada bloco pesa cerca de dois quilos, apresenta boas capacidades termoacústicas e suportam abalos sísmicos pois seus encaixes são feitos para criar uma estrutura firme e aderente. As casas e prédios sustentáveis do futuro serão levantadas por robôs pedreiros utilizando tijolos de plastico e papel reciclado.

DEIXE UMA RESPOSTA