A instabilidade econômica global e o debate público sobre a proteção do meio ambiente estão levando os consumidores a comprarem de marcas que apoiam causas sociais ou iniciativas ambientais, de acordo com Daphne Kasriel-Alexander, consultora de tendências de consumo no grupo de pesquisa de mercado global Euromonitor.

“Neste momento, as pessoas estão mais confortáveis falando sobre as campanhas que os interessam. As campanhas que se tornam mais visíveis apelam para a sensibilidade dos agentes de mudança ou changemakers“, disse Daphne Kasriel-Alexander em um podcast que a empresa lançou no início desta semana.

Esta mentalidade emergente dos consumidores, que é mais comum entre a Geração Z (com idades entre 6-21) e a Geração Y ou Millennials (com idade entre 22-35) que estão buscando focar na sustentabilidade, redução do consumo e produtos que duram contra a obsolescência programada da indústria. Esses novos “agentes de mudança” estão tendo um impacto sobre a economia, estilos de vida e hábitos de compra.

Consumidores das gerações Z e Y buscam sustentabilidade, redução do consumo e produtos que duram stylo urbano

“Estamos vendo uma rejeição mais ampla do consumo como meramente a aquisição de mais produtos”, disse a consultora de tendências. Ela destacou a Buy Me Once como um exemplo de empresa que está cumprindo essa necessidade, o site dá enfase aos produtos que “não consomem seu salário, não poluem o planeta e que não prejudicam a todos”, de acordo com sua fundadora Tara Button. A missão da Buy Me Once é:

Curto prazo:

Ajudar na compra de coisas que são construídas para durar.
Ajudar a cuidar das coisas que o usuário tem com as dicas e artigos do site.
Incentivar as pessoas a comprarem apenas algumas coisas que eles gostam, em vez de enormes quantidades de lixo.

Longo prazo:

Ser uma empresa ética para fornecer aos clientes boas escolhas em suas compras.
Desafiar os fabricantes a criarem produtos que duram mais do que os produtos existentes no mercado.
Torne-se um símbolo de longevidade (por exemplo, este é um liquidificador “BuyMeOnce”) para ajudar as pessoas a escolher bem.
Mudar a nossa cultura do descartável a uma cultura do “manter” ou “passar”.

Para Daphne Kasriel-Alexander o público “changemaker” que nasceu na era da internet está forçando as empresas a repensarem sua forma de fabricação, comercialização e marketing pois esses jovens não querem ser passivos recebendo tudo da indústria sem questionar.

Eles querem participar do processo de criação e fabricação do produto através da customização e utilização de materiais mais sustentáveis feitos de forma ética. Para as gerações Y e Z as empresas que investem em sustentabilidade, ética e projetos sociais estão em primeiro lugar na sua preferência de compra. E as empresas que não acompanharem essas mudanças vão desaparecer do mercado dando lugar a outras empresas que o fazem.

DEIXE UMA RESPOSTA