A futurista Dubai não para de nos surpreender. Agora é a vez do d3, ou Dubai Design District, um incrível projeto de “comunidade criativa” que une no mesmo lugar moda, arte, design, cultura, gastronomia,decoração e arquitetura, para incentivar o empreendedorismo e criar uma indústria criativa na cidade. Construído a partir do zero, o d3 quer se tornar o principal destino para as pessoas criativas de todo o Oriente Médio onde os designers da região estarão lado a lado com marcas globais.

A ideia é desenvolver os talentos locais na esperança de que a próxima marca global saia de Dubai. As comunidades promovem a colaboração e a consciência. Elas tornam mais fácil a ajuda e o compartilhamento de novas idéias entre as pessoas.

As comunidades fornecem uma força poderosa para a mudança positiva e proporcionam a sensação de um sistema de valores compartilhados, onde todos podem crescer juntos. Trabalhar numa comunidade criativa pode ajudar muito mais ao indivíduo do que se ele estivesse sozinho é só ver o sucesso que os espaços de coworking estão tendo ao redor do mundo.

Dubai Design District será o centro da arte, moda, design e luxo do Oriente Médio stylo urbano

Localizado ao lado da área Business Bay, o Dubai Design District está pronto para atrair as marcas líderes na indústria de arte, moda e design global para transformar a cidade num centro de referência para o setor e competir com Paris, Londres, Nova York e Milão. Idealizado em 2013, o d3 é a concretização do sonho do Sheikh Mohammed Bin Rashid para tornar Dubai a “capital emergente do design mundial“. Esse projeto é tão fabuloso que não tem nada parecido em qualquer outra cidade do mundo.

O projeto será supervisionado pelo Dubai Design and Fashion Council (DDFC) com o intuito de incentivar o talento local / regional e de criar uma indústria sustentável para todos os segmentos dentro da indústria de design de luxo da cidade. O d3 incluirá vários estúdios de design criativo além de hotéis e apartamentos de luxo, locais de compras, além de vários eventos musicais e performáticos que irão movimentar o lugar.

Dubai tem mais da metade dos principais revendedores internacionais em outlets e um terço dos gastos em artigos de luxo no Oriente Médio, assim o d3 pode atrair grifes de moda internacionais para criar suas sedes no novo bairro. A esperança é que os designers locais interajam com influenciadores internacionais para atingir um mercado global. Dubai quer estar na vanguarda da indústria da criatividade e tem potencial para isso pois dinheiro é o que não falta.  Veja abaixo o projeto arquitetônico dos distritos criativos no d3.

Dentro da comunidade criativa d3 está o Instituto de Inovação e Design de Dubai – DIDI, que tem a ambição de desenvolver a próxima geração de designers da região, e nutrir as mentes criativas que irão conduzir sua inovação e crescimento a partir de dentro. Através de uma abordagem única de aprendizagem e parcerias com líderes da indústria e instalações sofisticadas, o DIDI irá capacitar seus alunos a desenvolver as habilidades necessárias para ter sucesso na economia global orientada para a inovação.

Desenhado pelo escritório de arquitetura Foster + Partners, o campus cria um ambiente de aprendizagem única para estudantes nutrirem e mostrarem sua inovação e criatividade. Uma escada “social” no coração do edifício liga todos os seis andares, criando espaços informais de interação, debate e exposição, conectando todos os estúdios. Diferentes áreas em todos os níveis possuem terraços internos que dão para um átrio central e o edifício terá capacidade para acomodar 550 alunos.

A proposta do DIDI é a de criar líderes e influenciadores do século 21; Fornecer um currículo de classe mundial e de pesquisa global para criar uma nova geração de indivíduos qualificados na região; Fornecer um novo ecossistema de experiências de aprendizagem; Proporcionar aos alunos orientação e acesso ao suporte de incubação e utilizar o design como a nova linguagem da mudança.

DEIXE UMA RESPOSTA