O estúdio experimental com sede em Berlim, ElektroCouture, é o local onde a moda se funde com as novas tecnologias e a primeira agência do mundo que é pioneira em tecnologia vestível, criando eletrônicos sob medida para a indústria da moda. A ElektroCouture anunciou que as roupas e acessórios tecnológicos desenvolvidos no estúdio estão disponíveis na ASOS, um dos maiores sites de moda online do mundo.

A fundadora e principal designer Lisa Lang, criou a ElektroCouture para ir além das criações conceituais de moda tecnológica para produtos comercialmente viáveis. O estúdio tem um programa de residência para jovens designers e tecnólogos de todo o mundo para que recebam toda orientação, espaço, materiais e máquinas que necessitam, para moldar o futuro da moda tecnológica, mas para já, aqui e agora!

O ElektroCouture também participou da Berlin Fashion Week ao lado dos mais famosos designers de alta moda alemã, criou o Fashion Tech Academy com vários cursos e workshops sobre moda tecnológica.

ElektroCouture - O estúdio experimental onde a moda se funde com as novas tecnologias stylo urbano-1

Enquanto os grandes nomes da moda alemã desfilam nas passarelas no centro da capital, Lisa Lang coloca biotecnologia e tecidos inteligentes no centro das atenções. O ex-engenheira alemã lançou, pelo segundo ano consecutivo a exposição FashionTech Berlin, paralelo ao tradicional Berlin Fashion Week, com uma seleção de vinte estilistas.

Segundo Lisa em seu site:

“Nós somos a primeira marca de moda tecnológica casual do mundo e com isso, temos uma vasta experiência em trabalhar com clientes e parceiros para criar protótipos e fabricar moda e tecnologias vestíveis. Desde a concepção de ideias, pesquisa de mercados e materiais para o lançamento de novos produtos com estudos de viabilidade para soluções de fabricação, estamos aqui para ajudar.”

“A melhor maneira de prever o futuro é criá-lo”

Alan Kay

Este estúdio não é jardim de infância, é um negócio e estamos levando a tecnologia de moda a sério, e por isso, temos de lidar com plataformas profissionais.” Lisa Lang.

Lisa vendeu as primeiras coleções  do projeto pelo site Etsy, e que a colaboração com a ASOS sinaliza uma maior maturidade no mercado, uma maturidade que está se movendo para além dos dispositivos wearable no sentido das roupas inteligentes. Muitos dos projetos da ElektroCouture incorporam algum tipo de tecnologia de luz combinada com tecidos como malha e neoprene.

ElektroCouture - O estúdio experimental onde a moda se funde com as novas tecnologias stylo urbano-2

A luz faz as pessoas felizes”, diz Lang. “Há algo no cérebro humano que realmente é acionado pela luz de uma forma muito positiva. A luz também tira o medo da tecnologia. Se algo é bonito, você está mais inclinado a usá-lo contra se olha robótico.

A moda casual do dia a dia é um dos negócios mais difícil de entrar, mas a ElektroCouture enfrenta o desafio adicional de fazer peças de vestuário que incorporam a tecnologia em suas roupas de maneiras que são wearable.

“Sobre tecnologia da moda, há um monte de designers que produziram conceitos com tecnologia e luz, mas a nossa missão na ElektroCouture é fazer com que a luz wearable seja disponível no mercado.” Ela explica como cada peça deve ser  flexível, lavável e recarregável, um desafio que gera inovação: “Nós tivemos que desenvolver os nossos próprios sistemas de bateria, porque as tecnologias leves disponíveis no mercado hoje vêm com baterias que são pesadas e complicadas, como tijolos.”

ElektroCouture está se concentrando nas designers mulheres para começar, um grupo demográfico mal atendido pelo mercado wearable. “O mercado de consumo eletrônico, está dominado pelos homens e isso é devido aos meninos terem cresceram assistindo Star Trek e agora que têm dinheiro suficiente, eles financiam as empresas.”

A moda sempre foi influenciada pelas inovações tecnológicas, e agora com a nova era da tecnologia vestível alimentada por inteligência artificial, internet das coisas, realidade virtual e aumentada, impressão 3D e tricô 3D além da nanotecnologia e biotecnologia, nossas roupas deixarão de ser um mero tecido que cobre o corpo para se tornar um dispositivo inteligente e multifuncional que nos auxilia de várias maneiras.

O ElektroCouture vai apresentar um workshop em seu laboratório sobre moda biotecnológica no dia 27 de fevereiro reunindo biólogos, designers, artistas, coloristas, criadores, cientistas, tecelões, tecnólogos, para que se tornem indistinguíveis uns dos outros, promovendo a ideia de sustentabilidade através de bio-mimetismo e bio-pirataria do vestuário além de inovar e desenvolver ideias para novos materiais, interatividade e ciclos de vida para nossas roupas.

DEIXE UMA RESPOSTA