A designer de moda de Istambul, Ece Özalp faz a seguinte pergunta: O que é real? Em uma interessante performance audiovisual que combina cinema, mapeamento de projeção e moda, a estilista lança sua primeira coleção chamada “Percepção”, que chamou a atenção de Bİ’ŞEYLER, uma agência de mídia turca que tem paixão pelo design e produção integrada.

Usando uma peça da coleção Percepção como modelo de base, a Bİ’ŞEYLER levou a visão da jovem estilista para o próximo nível da moda com uma performance cheia luz e efeitos gráficos. Desenhos caleidoscópicos e padrões abstratos fractais em 3D são projetados sobre o vestido branco criado por Ece Özalp, muito parecido com a instalação audiovisual criada para a coleção de Outono/Inverno 2012-2013 de Alta Costura inspirada em conto de fadas do estilista Frank Sorbier, brincando com nosso senso de profundidade e consciência espacial. É como se toda uma nova linha de vestidos se desenrolasse diante de nossos olhos.

Então, o que é real?

Qual é o debate para trás o que é real e o que não é? Poderia o bloco de construção mais minúsculo da realidade não ser uma ilusão? O que veio primeiro, a natureza ou Deus? E se o criador não fosse Deus, mas o olho humano e a mente em si?

Estilistas unem mapeamento de projeção e moda em instalações incríveis stylo urbano-1

Assim, mais uma vez, o que é real? A percepção é a primeira criação da designer de moda Ece Özalp, que é inspirada não por aquilo que é observado na natureza, mas pela percepção criada por exceder suas próprias percepções. O projeto de moda criado com base na percepção é uma busca tanto dela e de sua ilusão …

Estilistas unem mapeamento de projeção e moda em instalações incríveis stylo urbano-2Estilistas unem mapeamento de projeção e moda em instalações incríveis stylo urbano-3Estilistas unem mapeamento de projeção e moda em instalações incríveis stylo urbano-4

O estúdio Biseyler de Istambul, acredita que a comunicação e as novas plataformas podem ser criadas por diferentes disciplinas seja a tradicional ou as novas mídias artísticas, e que as plataformas existentes podem ser melhoradas através da exploração da tecnologia.

O interessante desse trabalho de mapeamento de projeção é que ele antecipa em 15 anos o que vai ser a tecnologia vestível da moda fashion, onde o  tecido inteligente projeta sobre sua superfície estampas em movimento que podem mudar de cor instantaneamente ou mudar a cor da roupa.

Designer francês Franck Sorbier que desenvolve coleções de Alta Costura com novas tecnologias se junta aos designers como Hussein Chalayan e Iris Van Herpen. Sorbier flerta com a tecnologia e as tendências, usando mapeamento de projeção na roupa para trazer os dois mundos juntos. O estilista criou um vestido branco inspirado nos contos de fadas que serve de tela para efeitos gráficos 3D feitos pela tecnologia de mapeamento de projeção.

O estilista se juntou à gigante do software Intel para criar se desfile de alta tecnologia, e ele descreve sua coleção como “uma ponte entre o passado, o presente e o que o futuro poderia ser.”

Estilistas unem mapeamento de projeção e moda em instalações incríveis stylo urbano-5

Fazer um desfile no século XXI do conto de fadas clássico do francês Peau d’Âne (Pele de Asno), Sorbier projeta efeitos visuais deslumbrantes sobre o vestido e o pano de fundo. A modelo vestida de branco representa princesa da história, como imagens flash revelando seu desejo de fugir de um casamento que ela irá em breve ser forçada a entrar.

Ela busca a orientação de uma feiticeira que a aconselha a concordar com o casamento só se seu futuro marido cumprir determinadas exigências. A princesa pede o impossível como um vestido da cor do céu, outro com cor da lua, e um terceiro tão brilhante como o sol.

Estilistas unem mapeamento de projeção e moda em instalações incríveis stylo urbano-6

O final apresenta peças de coleções passadas de Sorbier que servem como um lembrete da natureza intemporal da moda. Infundindo tecnologia com moda e fantasia, a elegante princesa de Sorbier tem seu final feliz com uma miragem de borboletas esvoaçantes projetadas sobre o vestido. Quem disse que a moda não tem sua magia?

DEIXE UMA RESPOSTA