Os avanços da automatização no comércio e na indústria continuam a pleno vapor. Um grupo de quatro estudantes de graduação do Massachusetts Institute of Technology (MIT) criaram uma pequena cozinha robótica de 1,85 metros quadrados que prepara refeições nutritivas no tempo que você leva para pedir e receber um fast food. Apelidada de Spyce, a cozinha cria uma refeição quente e saudável em poucos minutos e foi projetada por Kale Rogers, Michael Farid, Braden Knight, e Lucas Schluete. Será esse o futuro dos restaurantes nos shoppings centers?

Atualmente, ela serve comida em uma cafeteria do MIT, onde prepara e serve cinco diferentes refeições quentes: Jambalaya de camarão e salsicha; tiras de frango com batatas doces; legumes assados com macarrão com queijo; carne com limão, pimentão e arroz; abóbora com grão de bico e curry de coco. Você pode escolher seu prato via smartphone ou numa tela touchscreen na máquina, personalizar os ingredientes e colocar sua tigela sob o bico enquanto a máquina faz o resto.

A máquina ainda se auto-limpa quando faz sua refeição para se preparar para a próxima, embora a introdução dos ingredientes na máquina precisam ser feitos por mãos humanas, mas isso é o de menos pois o trabalho pesado é ela quem faz.  A equipe ganhou um prêmio de US $ 10.000 pela inovação e um plano para expandir para outras áreas de jantar dentro do MIT em breve. O barato dessa cozinha robótica é que além de ocupar pouquíssimo espaço, ela poderia ser um chamariz de clientes além de proporcionar uma economia para o empreendedor que quisesse montar uma franquia de comida saudável em centros comerciais.

DEIXE UMA RESPOSTA