Interessados mais nos problemas ambientais do que no sabor, estudantes de arte da National Taiwan University of the Arts criaram uma interessante linha chamada “Picolés de Água Poluída”. Primeiramente, o grupo de estudantes recolheu água poluída de 100 locais diferentes em Taiwan, depois congelaram as amostras recolhidas para em seguida, preservarem suas criações em resina de poliéster. Foi uma forma visualmente criativa para alertar sobre o problema da poluição da água nas nossas cidades.

À primeira vista, os picolés são bonitos e imitam a estética dos picolés artesanais. No entanto, quando você os observa de perto, pode identificar o lixo contido dentro de cada molde com pedaços de plástico, tampas de garrafas e invólucros boiando nas águas turvas dos picolés.

O projeto tem a intenção de espalhar a consciência sobre a poluição da água e seu efeito profundo sobre a população do nosso mundo. As 100 peças além de receberem um Prêmio de Design também foram destaque numa Exposição de Design em maio deste ano em Taiwan. Você pode ver mais dos trabalhos não comestíveis criativamente concebido no vídeo acima e também na página do projeto no facebook.

Estudantes utilizam o design de picolés para alertar sobre a poluição da água nas cidades stylo urbano

DEIXE UMA RESPOSTA