O “The Sustainable Angle” é uma organização sem fins lucrativos que inicia e apoia projetos sustentáveis que contribuem para minimizar o impacto ambiental e social da indústria da moda, e que ajuda a facilitar a tomada de decisões mais informadas pelas empresas, instituições e indivíduos para a sustentabilidade. Nos dias 25 e 26 de Janeiro em Londres ocorreu o 6ª Future Fabrics Expo que recebeu mais de 650 visitantes. Foram apresentados uma gama diversificada de mais de 2000 tecidos e couros com um impacto ambiental reduzido proveniente de dezenas de fábricas e fornecedores internacionais.

A 6ª Future Fabrics Expo apresentou:

  • Materiais inspiradores de origem mundial e comercialmente disponíveis com um impacto ambiental reduzido, ideais para moda casual, moda fitness, calçado e acessórios.
  • Recursos, ferramentas e pesquisas relacionadas à sustentabilidade nas cadeias de fornecimento de moda e têxteis.
  • Visitas guiadas disponíveis para as marcas aprenderem sobre os materiais em exposição e obter uma compreensão mais aprofundada das opções disponíveis.

A Future Fabrics Expo exibe e promove fibras, tecidos e produtos inovadores e comercialmente viáveis ​​que incorporam uma gama de princípios sustentáveis ​​e novas tecnologias, provenientes de fornecedores e fábricas que demonstram um compromisso com a redução do impacto ambiental em toda a cadeia de suprimentos têxtil. Criativamente inspirar estilistas e marcas de moda, bem como os educa sobre os mais recentes desenvolvimentos em tecidos sustentáveis ​​e para acabar com os clichês (principalmente a suposição de que os tecidos sustentáveis ​​são de baixa qualidade ou são principalmente tecidos artesanais).

Future Fabric Expo 2017 apresenta as novidades em tecidos e materiais sustentáveis para moda stylo urbano-1

Para demonstrar que o design de moda responsável vai além do uso de tecidos sustentáveis, cada exposição vai mais longe do que somente mostrar os materiais, apresentando novas idéias que analisam melhorias em toda a cadeia de suprimentos, bem como novas abordagens para transformar o design de moda e prática de design de moda. Nos últimos anos, os desenvolvimentos tecnológicos que produzem tecidos com baixo impacto ambiental geraram novas qualidades sofisticadas em tecidos de moda, que são adequados para alta moda e são capazes de suportar rigorosos controles de qualidade tipicamente usados ​​pela indústria da moda.

Apresentando estes tecidos para tantos designers de moda e suas marcas está mostrando à indústria da moda que é possível diminuir a pegada ambiental sem comprometer o estilo ou qualidade. A exposição mostra alternativas mais sustentáveis ​​aos tecidos convencionais amplamente disponíveis que atualmente dominam o mercado, ajudando as empresas de moda a começar a diversificar sua base de tecidos e diminuir seu impacto ambiental ao mesmo tempo.

O fornecimento de tecidos de alta qualidade que também oferecem ganhos claros de sustentabilidade pode ser uma tarefa onerosa e demorada, já que nenhuma feira ou mercado está mostrando tais tecidos com informações de produção transparentes suficientes no momento. A exposição apresenta faixas maiores de tecidos em vez de pequenas amostras, permitindo aos estilistas e compradores terem uma visão mais clara dos materiais.

O conceito e o escopo da Future Fabrics Expo se desenvolve e se expande à medida que este crescente mercado continua a progredir, olhando continuamente para o futuro e apresentando as soluções mais inovadoras para as questões ambientais atuais e antecipadas. Tecidos são muitas vezes o primeiro passo na viagem criativa do estilista, e são, portanto, um bom ponto de partida para uma abordagem mais consciente e responsável para a criação de produtos de moda.

Future Fabric Expo 2017 apresenta as novidades em tecidos e materiais sustentáveis para moda stylo urbano-2

Há uma necessidade urgente de transformar a maneira como as roupas são feitas.Nossa escolha de materiais tem um impacto sobre a vida de um produto inteiro e, portanto, fazer decisões de fornecimento inteligente e criativo pode, em última instância, ajudar a criar roupas com impactos negativos mínimos sobre o ambiente, animais e bem-estar humano.

A eliminação de práticas de desperdício, a redução do consumo de eletricidade, água e produtos químicos pode ter um efeito positivo no balanço total, além disso, a adoção de uma abordagem inovadora e pronta para o futuro pelas empresas pode ajudar a atrair uma mão-de-obra talentosa e leal e aumentar a lealdade dos consumidores.

A predominância atual do algodão comum e das fibras de poliéster virgem no mercado é insustentável; Juntos, eles representam mais de 80% da produção mundial de roupas. Esta falta de diversidade levou a problemas crescentes como o consumo excessivo de água, a poluição, a perda da fertilidade do solo e da biodiversidade e uma excessiva dependência do petróleo.

Tecidos que oferecem alternativas inovadoras são parte de um futuro melhor – em que somos capazes de gerenciar nossos recursos com sabedoria e custo efetivo. O futuro reside na tomada de uma visão holística onde os tecidos de moda sustentável desempenham um papel importante como parte de todo o sistema de moda, que precisa de sofrer ampla melhoria para alcançar a sustentabilidade a longo prazo.

DEIXE UMA RESPOSTA