A gigante sueca do fast fashion H & M redobra o seu compromisso com a sustentabilidade comprando uma participação minoritária no capital da startup sueca Re:newcell, especializada na reciclagem química têxtil. O investimento é parte de uma ambiciosa iniciativa da H & M, que visa utilizar 100% de fibras recicladas ou de origem sustentável em suas coleções até 2030.

A Re: newcell desenvolveu uma tecnologia capaz de reciclar tecidos e roupas de algodão, viscose e outras fibras celulósicas para converter-lo numa nova fibra, que pode ser inserida novamente no ciclo de produção têxtil. “A tecnologia Re: newcell tem o potencial para se tornar uma solução de negócio escalável para o setor e acelerar a jornada de uma economia linear para a indústria da moda circular”, disse num comunicado de imprensa Cecilia Brännsten, responsável pela sustentabilidade da H & M.

A startup fundada em 2012, lançou este ano sua primeira fábrica para a produção de Re: newcell em Kristinehamn (Suécia). Uma fábrica piloto com capacidade para produzir 7.000 toneladas por ano deste novo material. Após esta experiência, a empresa planeja projetar centros de produção de maior escala para atingir 30.000 toneladas de Re: newcell.

A H & M está envolvida na busca de novas tecnologias para fabricar tecidos mais sustentáveis e assim, diminuir seu impacto ambiental a longo prazo. Em setembro passado, a empresa introduziu um processo hidrotermal para reciclar tecidos e transformá-los em novos fios e tecidos sem perda de qualidade. O projeto foi desenvolvido em colaboração com o Instituto de Pesquisa Têxteis e Vestuário de Hong Kong (HKRITA).

O grupo liderado por Karl-Johan Persson também lançou recentemente a terceira edição do Global Change Award, uma competição internacional onde cinco projetos sustentáveis serão escolhidos por suas ideias em fechar o ciclo da moda, incluindo o prêmio compartilhado de milhão de euros para a sua implementação.  Vale lembrar que nenhuma outra grande empresa está investindo tanto quanto a H & M em inovação tecnológica sustentável para a indústria da moda.

DEIXE UMA RESPOSTA