Em 03 de setembro, mentes curiosas se reuniram em Shoreditch, Londres, para um evento de um dia inteiro dedicado ao futuro da moda chamado Interlaced 2015. A primeira edição do evento reuniu os pioneiros da moda tecnológica, estilistas renomados, tecnólogos, acadêmicos, cientistas, jovens talentos o e o público em geral para se conectarem, discutirem e, finalmente, ajudarem a moldar o futuro da moda através da inovação tecnológica.

O evento, terminou com um dos primeiros desfiles da moda tecnológica da Europa onde foram apresentadas as marcas de moda e acessórios que incorporam tecnologia vestível em suas peças, e além disso ouve conferências e debates entre líderes da indústria da moda.

Interleced 2015: Quando a moda encontra a tecnologia

Interlaced 2015 mostra o futuro da moda através da tecnologia stylo urbano-1

Os debates e painéis sobre wearables e moda tecnológica apontaram os principais desafios para o futuro de um conceito emergente: Moda + Tecnologia. Um dos principais desafios dos projetos de moda tecnológica está em como abordar um projeto inovador para financiamento. O financiamento seria através de incubadoras de startups, ou seria através de financiamento coletivo?

David Norris, investidor especializado em e-commerce da Forward Partners, falou sobre os conceitos básicos de boas relações com os clientes para um lançamento bem sucedido: “Conheça as reais necessidades de seus clientes, por meio de estudos e pesquisas. Mas a coisa mais importante é passar mais tempo com eles!”. Antes de levantar o dinheiro, você deve saber sobre o seu alvo, será que vão se interessar por um vestido de LED? Seja qual for o financiamento escolhido, você deve saber exatamente o que fazer para tornar seu projeto um sucesso e encontrar um verdadeiro valor ao seu produto. Inovar sim, mas não de qualquer maneira.

Sobre crowdfunding,  Piers Ridyard  de  Xoo Belt, deu algumas dicas sobre a atenção que tem que dar aos interessados que você oferece em troca do financiamento solicitado: detalhe tudo e certifique-se que você pode enviar aos clientes o produto pois tempo é primordial. Existem muitas startups que passam por problemas numa campanha de crowdfunding depois de financiadas, e acabam se enrolando na entrega.

Se a empresa está tendo problemas de produção, este não é o fim do mundo! Basta ser honesto com os contribuintes, simplesmente dizendo-lhes a verdade! Resolva os problemas de produção, e faça tudo o que puder para entregar as encomendas. Sabemos que é difícil fazer isso logo na primeira vez. Mas se você não disser nada, os clientes vão pensar que você está escondendo alguma coisa, e será desacreditado.

O desenvolvimento sustentável, um desafio fundamental para o futuro da moda de acordo com Marianne Caroline Hughes

Interlaced 2015 mostra o futuro da moda através da tecnologia stylo urbano-2

A indústria têxtil é segunda maior poluente do planeta, ficando atrás somente da indústria do petróleo, e a segunda indústria na utilização de água, após a agricultura. Marianne Caroline Hughes de 22 anos uma das participantes do Interlaced 2015, criou o  Fashion Footprint, uma startup que está à procura de novas maneiras de usar os códigos QR nas etiquetas das roupas para dar mais informações sobre a história real por trás sua fabricação simplesmente fazendo a digitalização de um código.

Assim o cliente poderá saber os materiais empregados na fabricação da peça, onde foram feitos e por quem, de uma forma mais responsável e transparente. Bem legal a iniciativa da jovem Marianne.

Interlaced 2015 mostra o futuro da moda através da tecnologia stylo urbano-3

Um dos primeiros eventos de moda tecnológica da Europa

Por último, mas não menos importante, para fechar o evento, Interlaced apresentou um dos primeiro desfiles tecnológicos na Europa, com alguns designers inovadores, tais como Alexis Walsh, Exocet Paris e Maartje Dijkstra que utilizam impressão 3D em suas peças, Cute Circuit, a marca pioneira da moda tecnológica com seus vestidos LED desde 2004, Sensoree e suas vestimentas futuristas, Helmut Paris e Kovert Designs, fazem jóias futurista e Karen Topacio e sua moda escultórica surpreendente.

Interlaced 2015 mostra o futuro da moda através da tecnologia stylo urbano-4

Vestido impresso 3D de Alexis Walsh

Interlaced 2015 mostra o futuro da moda através da tecnologia stylo urbano-5Vestido feito de impressão 3D de Maartje Dijkstra

Interlaced 2015 mostra o futuro da moda através da tecnologia stylo urbano-6Top Sensoree

Interlaced 2015 mostra o futuro da moda através da tecnologia stylo urbano-7Jóias de Kovert Designs

Interlaced 2015 mostra o futuro da moda através da tecnologia stylo urbano-8Brincos Plexi-chic de Helmut Paris

Interlaced 2015 mostra o futuro da moda através da tecnologia stylo urbano-9Revestimento de neoprene Karen Topacio, acessório bolsa Exocet Paris feita de impressão 3D.

DEIXE UMA RESPOSTA