Já imaginou viver num condomínio residencial no centro da cidade com jardins verticais de 5 andares formando uma floresta com vasos de árvores sustentadas por ramificações feitos em vigas de aço? Esse é o conjunto de apartamentos 25 Verde em Turim na Itália projetado por Luciano Pia que criou moradias suspensas do chão em uma tentativa de fugir da cena urbana homogênea de Turim e integrar o verde na fachada do edifício residencial.

A estrutura ondulante cria uma transição a partir do exterior para dentro, mantendo 150 árvores que absorvem cerca de 200.000 litros de dióxido de carbono por hora. Essa absorção natural,protege seus residentes da poluição atmosférica e sonora, ajudando a eliminar gases nocivos causados ​​por carros e sons agressivos das ruas movimentadas no entorno. A utilização das árvores na fachada também cria o microclima ideal no interior do edifício, firmando extremos de temperatura durante os meses frios e mais quentes.

O edifício possui 63 apartamentos, e cada um é beneficiando com terraços e vegetação próximos de suas janelas e paredes. Cada espécie de planta foi escolhida da flora da região de Turim para proporcionar o maior variedade de cor, folha e floração. Este design inovador oferece um sonho de criança e ao mesmo tempo incute benefícios reais para aqueles que vivem nesta imensa casa de árvore urbana. E todo esse estilo rústico terroso com vigas de aço, paredes de tijolos queimados, placas de madeira e plantas dão um efeito muito interessante ao edifício.

O que achou desses jardins verticais em forma de condomínio residencial? Deixe seu comentário.

DEIXE UMA RESPOSTA