A Versace apresentou sua nova coleção de alta-costura na semana da moda de Paris. A marca italiana propõe uma série de vestidos de seda, em cores quentes, como o vermelho vivo, e em tons de rosa e cinza. As propostas da Versace são da autoria da estilista italiana Donatela Versace.

Os bastidores da moda

Várias estrelas da sétima arte marcaram presença nos desfiles da semana da moda de Paris. Jessica Chastain e Willow Smith, filha de Will Smith, visitaram os bastidores do desfile da Channel. A nova coleção desenhada por Karl Lagerfeld aposta nas técnicas artesanais. O estilista alemão convidou várias personalidades a conhecerem os artesãos que confeccionam manualmente as criações.

“É interessante poder ver como são feitas as roupas. Na verdade, as roupas são feitas da mesma forma há centenas de anos. Há muitas técnicas modernas como o laser e técnicas de bordado mas a base da confecção não mudou”, disse o estilista alemão.

Karl Lagerfeld e Chanel celebram em desfile os artesãos que tecem a moda stylo urbano

“Adorei a cenografia do desfile com o ateliê de costura. Às vezes, temos tendência a esquecer que são precisas muitas horas para bordar os detalhes de cada peça”, disse a atriz norte-americana Jessica Chastain. Num post anterior, mostrei como é feito o esplendoroso trabalho dos artesãos do Métiers d’Art da Chanel.

Alexis Mabille aposta nos volumes e nos tons pastel e apresentou em Paris uma coleção marcadamente romântica. O estilista francês de 38 anos trabalhou para a Dior antes de lançar uma marca própria em 2005. Luxo total!

A semana da alta costura de Paris que encerrou dia 7 de Junho contou com a presença de Céline Dion. A cantora assistiu ao desfile do italiano Giambattista Valli.

O filme “A Arca Russa”, de Alexander Sokurov, serviu de inspiração para a coleção de Valli. Uma história que tem lugar em São Petersburgo, com cenas gravadas no Palácio de Inverno, onde viva a nobreza russa até à revolução de 1917. Os os tules, os folhos e os tons pastel ilustram a atitude frívola, mas apaixonada, das mulheres da corte do Czar.

Tamara Ralph e Michael Russo escolheram a também a Europa oriental como fonte de inspiração para a coleção outono inverno 2016, com vestidos com tule e padrões floridos. Vários conjuntos incluíam a apresentação de chapéus trabalhados.

O desfile terminou com a apresentação de um vestido de casamento com uma capa. Ralph and Russo é a única casa britânica presente na exclusiva semana de alta costura de Paris.

O negro e o branco voltaram sem rodeios aos ateliês de Dior. Um contraste que marcou a coleção da casa francesa foi toda monocromática bem ao gosto de Christian Dior.

Mas também uma herança estilística assumida pelos criadores Serge Ruffieux e Lucie Meier. Ruffieux e Meier assimilam esta dualidade como fundamento de uma criatividade também dual, focada para ambos os gêneros.

Fonte: Euronews

DEIXE UMA RESPOSTA