O ícone da moda Karl Lagerfeld disse que Kim Kardashian tem apenas a si mesma para culpar depois de ser assaltada à mão armada dentro de seu quarto de hotel em Paris. O diretor criativo da Chanel disse que a estrela de reality TV passa tanto tempo ostentando sua riqueza nas mídias sociais que alguém se sentiu induzido a querer roubar suas joias supostamente valendo mais de $ 10 milhões.

“Você não pode ficar exibindo sua riqueza para em seguida, ser surpreendida que algumas pessoas querem socializá-la” disse Karl Lagerfeld a repórteres após o desfile da Chanel na Paris Fashion Week, de acordo com a Associated Press. “Eu não entendo por que Kardashian estava em um hotel sem segurança e coisas assim“, acrescentou. “Se você é o famoso e coloca todas as suas joias no Instagram, logicamente você se hospedaria em hotéis onde ninguém pudesse chegar perto do quarto.”

As críticas de Lagerfeld se somam a outras a qual a oportunista Kardashian tem enfrentado como as de seu ex-guarda-costa Steve Stanulis, que disse ao New York Post na segunda-feira que acredita que o roubo de Paris foi um golpe publicitário para ela posar de “vítima” diante da mídia.

“A mídia social de Kim Kardashiona é sua ruína” disse Steve ao jornal. “Quando ela posta no Instagram, “Olhem este anel maravilhoso de US$ 500 mil que estou usando”,ela basicamente está convidando alguém para roubá-la.” 

“Infelizmente, a única pessoa que tem culpa neste incidente é Kim Kardashian,” disse seu ex-guarda-costas. “Ela tem dezenas de milhões de dólares em joias, mas não pode pagar por um guarda armado para protegê-la? O fato de que há cinco dias alguém driblou seus segurança e tentou agarrá-la, mostra que sua segurança não é boa suficientemente”

Kim Kardashian deixou Paris em um jato particular imediatamente após o roubo, e seu marido, o também oportunista Kanye West, interrompeu um concerto Nova York, a fim de adular a “pobre vítima” que não sofreu um arranhão. Karl Lagerfeld disse que o roubo de Kardashian foi “uma coisa muito ruim para Paris“, pois a imagem da cidade sofreu abalos com os recentes atentados terroristas islâmicos. Em julho, a lenda da moda, que vive e trabalha em Paris desde os anos 1950, disse que a cidade se tornou um “pesadelo”.

“Nós fazemos todos os esforços para tornar Paris atraente para em seguida, isso acontecer” disse Karl Lagerfeld a repórteres, de acordo com o Daily Mail.

Fonte: Breitbart

DEIXE UMA RESPOSTA