Lily é um novo drone com câmera robótica que visa revolucionar não só a indústria dos drones, mas também a indústria de câmeras como um todo. É o primeira primeira câmera drone do mundo que você joga no ar e ela começa a operar sozinha permitindo que qualquer um capture fotos aéreas e vídeos cinematográficos sem precisar ficar guiando o drone manualmente.

A evolução das câmeras, de acordo com Lily

O drone com câmera robótica Lily acompanha o usuário através da sua conexão á um dispositivo de rastreamento preso ao pulso para poder tirar fotos ou gravar vídeos. Quando ele é ligado, o usuário precisa apontar e jogá-lo para o alto que ele imediatamente começará a voar e a gravar tudo automaticamente. Lily usa um GPS para seguir o usuário e mantê-lo sempre no centro da foto ou vídeo.

O dispositivo de rastreamento Lily

O drone é à prova d’água e flutua, permitindo que você possa jogá-lo com segurança na água, se necessário. Ele se encaixa facilmente em uma mochila e pesa menos que um laptop comum. A câmera pode gravar imagens fixas de 12 megapixels, vídeo HD 1080p e câmera lenta 720p. Seu tempo de voo dura 20 minutos com a bateria de iões de lítio embutida. Interessado ​​em possuir a Lily? Ele vai começar a ser comercializada em fevereiro de 2016 por 999 dólares. Mas, até 15 de junho, a empresa está fazendo pré-encomendas através de seu site por US $ 499. Esse com certeza é o drone mais interessante e charmoso que já vi. Veja outros artigos que escrevi sobre drones aqui, aqui, aqui e aqui.

Vídeo de como funciona o drone com câmera robótica Lily

 

O que achou da Lily? Comente.

DEIXE UMA RESPOSTA