Cerca de 49% dos jovens da geração Y, também conhecida como geração do milênio, disseram que pretendem iniciar sua própria empresa nos próximos três anos, enquanto 62% deles relataram que sua empresa ideal era “a que eles gostariam de iniciar” segundo um estudo feito nos Estados Unidos pela America`s SBDC. Os pesquisadores consideraram que um pequeno negócio era “uma empresa de propriedade e operação independentes que emprega menos de 500 pessoas.” Parece que os jovens não estão entusiasmados com a ideia de trabalhar numa grande empresa e e se adequar a uma antiquada hierarquia como seus pais fizeram.

“É claro que o espírito empreendedor não só está vivo e bem na América, mas as pessoas estão ansiosas em encontrar ajuda para construir seu próprios negócio”, disse Charles Rowe, presidente do America`s SBDC em um comunicado.

Como os trabalhadores se sentem sobre iniciar empresas

De acordo com o estudo, 61% dos entrevistados da geração Y pensam que “que há mais segurança no emprego em possuir seu próprio negócio do que em trabalhar para alguém,” versus 64% dos Baby Boomers que disseram ser o contrário. O estudo classificou as pessoas da geração Y os nascidos nos 18 anos entre 1977 e 1995, a geração X como as pessoas nascidas nos 11 anos entre 1965 e 1976 e Baby Boomers como as pessoas nascidas nos 18 anos entre 1946 e 1964.

Enquanto 47% dos entrevistados disseram que a possibilidade de ganhar dinheiro seria a maior razão para começarem sua própria empresa, 62% disseram que preferem ter um que seja muito bem sucedido financeiramente do que um “que seja muito divertido.” Além disso, 62% deles relataram que “preferem guardar o dinheiro, enquanto a percepção é de que eles só querem se divertir”, e 38% deles estavam trabalhando para iniciar uma nova startup.

Os pesquisadores descobriram também que muitos da geração do milênio tem desconhecimento de como operar uma empresa ou não sabem onde buscar orientação, e essa é a principal razão por que eles não montam suas empresas.

Mais da metade dos jovens da geração Y gostariam de iniciar sua própria empresa stylo urbano

Homens e mulheres tem diferentes necessidades de investimento para empresas

O que foi consistente na pesquisa é que uma grande proporção de pessoas de todas as gerações largariam seus trabalhos agora, se tivessem a chance. Cerca de 41% de todas as gerações pesquisadas iriam abandonar seus empregos atuais para iniciar sua própria empresa nos próximos seis meses “se tivessem as ferramentas e recursos de que necessitam.” Cerca de 54% dos entrevistados da geração do milênio disseram que iria fazê-lo ( mais do que qualquer outro grupo).

Cerca de 43% dos entrevistados disseram que o dinheiro ou a disponibilidade dele como “o recurso mais importante” para estabelecer uma empresa. Havia uma diferença de gênero grande em julgar quanto dinheiro seria necessário para iniciar uma empresa: 63% das mulheres relataram que o acesso a ele é a parte mais difícil de estabelecer em comparação com 45% dos homens.

Por que os jovens não preferem grandes corporações

Um estudo de 2016 da Accenture Strategy constatou que apenas 14% dos graduados em 2016 preferem trabalhar para uma grande empresa, enquanto 44% deles preferem ser empregados de uma empresa de tamanho médio ou uma empresa pequeno ou uma startup.

O estudo disse que, com base em suas pesquisas, parece que “a próxima geração” de trabalhadores têm medo de “se perder na densa floresta de uma grande corporação. Eles estão preocupados que suas necessidades e talentos individuais não serão notado nem incentivado. Eles estão procurando por uma experiência de realização pessoal, onde as suas paixões será reconhecidas e sua carreira personalizada de acordo com seus interesses.”

Katherine LaVelle, diretora da Accenture Strategy comentou sobre a pesquisa num comunicado.

“Os graduados estão famintos por uma cultura com oportunidades para o avanço rápido e a capacidade de realmente amar o trabalho que eles fazem. Isso significa que os empregadores terão de fornecer uma experiência ao funcionário que oferece a flexibilidade para participar do trabalho baseado em projetos, permitindo uma maior aprendizagem e a oportunidade de trabalhar em diferentes funções com uma sensação de pequena equipe“, disse LaVelle.

O jovens querem que seus trabalhos tenham um significado para eles e se as grandes corporações enfatizarem que esta é uma meta importante, elas serão capazes de atrair e reter os talentos da geração Y.

Fonte : Ladders

DEIXE UMA RESPOSTA