Imagine o seguinte: você vai numa loja e escolhe um modelo de roupa que lhe agradou, mas tem a possibilidade de personalizá-la da forma que quiser através de um software para depois receber a sua roupa exclusiva feita ali mesmo em 30 minutos? Parecer fantasia? Conheça a Apparel Made for You (AM4U) uma revolucionária mini fábrica de roupas personalizadas que imprime, costura e entrega sua roupa em casa, bastando você criar o modelo que quer pela internet. Este é o futuro da fabricação de roupas imaginado pela universidade americana Cal Poly Pomona e um grupo de empresas internacionais.

Juntos, eles criaram uma fábrica compacta na cidade de Rancho Cucamonga na Califórnia, para demonstrar como o e-commerce, métodos de produção digital e técnicas de coloração inovadoras podem revolucionar a fabricação de roupas. “A proposta desse novo tipo de fábrica é servir de modelo e ajudar a revitalizar a indústria americana, restaurando trabalhos, maiores lucros e a volta do Made In USA“, diz o professor Peter Kilduff, do departamento de gestão de vestuário e merchandising da Cal Poly Pomona.

A universidade pode se beneficiar financeiramente das oportunidades educativas que surgem da participação no empreendimento. Atualmente, a maioria das pessoas compram suas roupas em lojas que fazem grandes estoques de roupas feitas em fábricas no exterior. Mas o modelo desenvolvido pelo departamento de gestão de vestuário e merchandising da Cal Poly Pomona junto com seus parceiros da Virtual Inventory Manufacturing Alliance (VIMA) mudou tudo isso.

Produção sob demanda” o que é? É uma nova forma de produção que se conecta diretamente com a demanda dos consumidores para fabricação. O conceito AM4U representa um novo conceito de mini-fábricas para concepção e venda de vestuário esportivo online. Com este método, todos os estoque de produtos acabados irão ser eliminados.

A mini fábrica pode ser colocada dentro de um local de distribuição ou perto de um centro de compras onde os varejistas podem produzir peças de vestuário personalizadas para os clientes sob demanda, e o melhor é que a mini-fábrica pode ser facilmente deslocada em dois caminhões.

Para Bill Grier, presidente e fundador da Vestuário Feito Para Você (AM4U), este será um grande marco em uma jornada que começou há cerca de vinte anos atrás. Bill Grier é um pioneiro na indústria de impressão digital e ele também é inventor de várias patentes internacionais. A AM4U é uma startup com sede na Califórnia, que espera agitar a cadeia de abastecimento de vestuário com as suas tecnologias produtivas.

Mini fábrica online, a nova tecnologia que vai "redefinir" a fabricação de roupas stylo urbano-1

Esse tipo de fábrica compacta é um passo importante para a sustentabilidade e personalização em massa na moda pois nesse modelo, a tecnologia interativa permite que os consumidores possam navegar pelos catálogos online para encontrar uma roupa, personalizá-la a seu gosto para em seguida, fazer a compra. O fabricante ou revendedor, em seguida, faz com que as peças de vestuário sejam impressas digitalmente por sublimação com uma nova técnica de coloração que é rápida e mais ambientalmente amigável.

2 peças de roupa são cortadas com uma máquina de corte computadorizado na AM4U, uma mini- fábrica de vestuário que utiliza métodos de produção zero de poluição e zero de estoque na cidade de Rancho Cucamgona, 11 de julho de 2014. As inovações feitas pela mini-fábrica da AM4U pretende resolver vários problemas da indústria, de acordo com o diretor executivo e fundador Bill Grier:

“Os fabricantes de vestuário tem que projetar suas roupas com meses de antecedência, e é preciso tempo e dinheiro para enviar as roupas de seus locais de fabricação para onde serão armazenadas e distribuídas. Depois espera-se então que os clientes comprem os produtos que foram produzidos em quantidade e aquilo não for vendido, tem de ser liquidado por um preço bem menor.”

“Todos esses problemas são eliminados pela produção sob demanda da AM4U que também desenvolveu uma tecnologia de escaneamento digital dos clientes para poder confeccionar roupas perfeitamente sob medida que serão entregues em casa após três dias depois de encomendá-las online em seu site ou numa loja de varejo.”

O processo atual funciona com tecido sintético branco de nylon, poliéster usados em roupas esportivas, e a tecnologia permite que os estilistas e varejistas de moda possam responder aos gostos dos clientes em tempo real.

Sem a sobrecarga envolvida no transporte e armazenamento de roupas, e a necessidade de ter a fabricação por perto para que as peças possam ser rapidamente entregues aos clientes, Grier disse que esse novo método de fabricação tem uma boa chance de trazer de volta a fabricação de vestuário para os Estados Unidos. Hoje, menos do que 3 por cento da produção de vestuário é feita na América .

Benefícios Ambientais 

Os métodos de coloração tradicionais exigem corantes químicos tóxicos que consumem muita água: a produção de uma camiseta masculina típica pode consumir cerca de 120 litros. O novo método de infusão de cor, atualmente trabalha com tecidos sintéticos como nylon e poliéster mas a VIMA está planejando expandir para tecidos naturais como algodão. O processo não requer nenhuma água ou produtos químicos, e essa técnica imprime digitalmente o tecido com cor permanente dos dois lados.

A técnica de impressão Active Tunnel Infusion-ATC é superior a qualquer impressão de sublimação no mercado pois toda fibra é preenchida com cor, substituindo enormes quantidades de corantes à base de água e ainda é resistente a água sanitária. Não tem água ou produtos químicos perigosos utilizados durante a impressão digital das peças, pois a máquina pode “aproveitar a energia” armazenada no próprio tecido para fazer o processo de tintura e de impressão. A energia armazenada durante o processo de feitura da fibra sintética (principalmente o poliéster e o nylon) em si é liberado pelo processo na máquina de ATC.

Após a impressão digital, um cortador óptico corta o tecido em várias partes que vão ser costuradas. Todo o processo de fabricação é tão rápido que a roupa pode estar pronta em apenas 30 minutos. A mini-fábrica em Rancho Cucamonga é voltada para a produção de atacado ou por encomenda feita online pelo consumidor.

A mini-fábrica foi projetada para caber na parte de trás de uma loja de roupas de varejo, onde os clientes podem entrar na loja e sair com uma roupa personalizada em menos de uma hora. O novo processo reduz ou elimina muitos dos custos associados ao negócio de vestuário, incluindo os enormes estoques de produtos acabados ou a exportação da confecção para fábricas no exterior o que muitas vezes acaba alimentando o trabalho escravo em países pobres.

O estoque está todo online: Algumas gigabytes de memória podem conter o equivalente virtual a um estoque de roupas reais num armazém de 9.290 metros quadrados. Os varejistas não terão mais perdas por causa dos produtos encalhados, na qual eles têm de oferecer descontos para vender o excesso do estoque. Um fabricante poderia ter lucros muitíssimo maiores com a inovadora mini fábrica. Veja no vídeo abaixo a comparação feita entre os preços e a lucratividade de um produto feito pelo método tradicional e o da AM4U.

Empoderando o Consumidor

As novas tecnologias de tingimento de roupas e de produção introduzidas pela AM4U e os seus parceiros da VIMA estão empoderando os consumidores para realizar uma grande mudança na indústria de vestuário atual que causa muito desperdício de matéria prima, poluição desenfreada do meio ambiente, fechamento de fábricas locais para produção no exterior causando desemprego, exploração de trabalho escravo em países pobres e excesso de produção que alimenta o consumismo exagerado. Ouça a 3 opiniões dos consumidores sobre suas escolhas pessoais.

Quais são os fornecedores, associações comerciais, academia ou consultores que ajudaram a tornar o projeto em um sucesso?

Fornecedores:

AM4U – sem utilizar água na tintura dos tecidos e fios que utilizam a física em vez de química e software PAM
Gerber – máquina de corte óptico de tecidos
Ergosoft – software inteligente RIP para a impressão de volume controlado
OptiTex – tecnologia de personalização de vestuário 3D online
Eton Systems – movimentação de materiais inteligentes
Monti Antonio –  prensas térmicas
Vanguard PaiLung – sistemas de tricô que utiliza a tecnologia de infusão à base de ATC para linhas da cor ou fibras
Allied Modular – gabinetes de costume ambientais para a fábrica integrada

Associações Comerciais:

SGIA – Formação nas tecnologias de impressão fundacionais
[TC] 2 – Formação e certificação no PAM

Academia :

Cal Poly Pomona – Departamento de gestão de vestuário e merchandising

Links de referência:

PAM technology

Principais Benefícios da Tecnologia AM4U

Um ajuste perfeito para o consumidor.
Um sistema de produção com estoque zero.
Tecnologia ACT para salvar o meio ambiente, eliminando o uso de bilhões de galões de água sem produtos químicos cáusticos.
A tecnologia AM4U resultará em um lucro 40% maior e irá produzir milhares de novos postos de trabalho pois toda produção das roupas é feita no local.

Negócios e parceria de educação

A VIMA, que inclui 10 empresas, está trabalhando com clientes atacadistas e varejistas no sul da Califórnia e está aguardando aprovação regulatória para começar uma operação de venda direta ao consumidor. O projeto começou como uma parceria entre a AM4U e o departamento de gestão de vestuário e merchandising da universidade Cal Poly Pomona para revitalizar a fabricação de roupas “Made In USA”. Em última análise, a iniciativa cresceu para incluir as 10 empresas que formaram a VIMA-Virtual Inventory Manufacturing Alliance que participaram na construção da fábrica.

O departamento de gestão de vestuário e merchandising patrocina a pesquisa acadêmica e programas educativos e cursos relacionados com o processo de fabricação das roupas. A VIMA fornece o departamento com educação, treinamento e oportunidades de investigação. Os idealizadores vislumbram oportunidades para outros faculdades e departamentos no campus para participar da VIMA, incluindo negócios, ciência, engenharia e atletismo.

Todo o projeto dessa mini-fábrica portátil utiliza tecnologias disruptivas, incluindo escaneamento do corpo, CAD 3D, tingimento e impressão digital, fabricação das peças feita por computador, todo estoque em nuvem (online) para evitar desperdício, roupas personalizadas pelo cliente e confeccionadas por montagem rápida sendo entregues diretamente ao consumidor no prazo de 72 horas a preços acessíveis.

Argumenta-se que essas soluções podem impulsionar as vendas, reduzir o capital de giro, melhorar muito o fluxo de caixa e lucratividade para fabricantes e varejistas, elimina o desperdício da superprodução, menor pressão sobre as vendas pois não existe estoque e o melhor é que não tem desperdício, poluição nem trabalho escravo.

Mini fábrica online, a nova tecnologia que vai "redefinir" a fabricação de roupas stylo urbano-2

É um método de produção que definitivamente resolve todo o problema da poluição das águas através da tintura de tecidos e fios com produtos químicos nocivos ao meio ambiente. Totalmente consciente bem ao estilo slow fashion não é mesmo?

Se as tecnologias da AM4U se tornarem bem sucedidas e forem comercializadas em uma escala grande, como Bill Grier acredita, poderia reduzir o excesso de produção de vestuário e reduzir a necessidade de terceirização. “Essa mini-fábrica vai redefinir a maneira como nós fabricamos“, disse Grier. “Ela vai mudar o fast fashion para o slow fashion e eliminar a necessidade de estoque.”

O esforço de 20 anos de pesquisa ganhou impulso após a exposição Texprocess Americas em Atlanta onde a tecnologia foi destaque e conseguiu atrair o interesse de grandes marcas de vestuário, empresas industriais verticais e redes varejistas grandes e pequenas.

Grier assinou os dois primeiros contratos de mini-fábricas em julho de 2014, uma empresa de esportes e o outra empresa de vestuário sob licença. Em 2015 esse projeto de mini-fábrica também vai ser instalado num anexo da incubadora de moda, Manufacture NY, uma fashion lab que está sendo montada na cidade de Nova York com a intenção de ser uma startup para a próxima geração de designers americanos produzindo vestuário, têxteis e até mesmo tecnologia vestível.

A mini-fábrica vai servir como terceirizadora das coleções dos estilistas, onde todas as peças pilotos e produção serão confeccionados internamente evitando mandar para fora da cidade. O plano é gerar mais empregos e divisas para Nova York por isso o projeto tem a importante ajuda financeira da prefeitura.

A empresa AM4U está organizando uma série de fontes de financiamento para as empresas elegíveis nos EUA que desejam adquirir a sua própria mini-fábrica. Estas empresas terão facilitadores que podem ajudá-las com o seu plano de negócios. Bill Grier adverte que apenas as empresas com planos comerciais viáveis receberão financiamento.

Você tem que ter um bom plano, para podermos ajudá-los a obter essa mini-fábrica, e em seguida, obter o financiamento. Se a fonte de financiamento aprovar, está tudo encaminhado. Se o empresário quiser mudar sua empresa de oferta e procura para uma de procura e oferta, temos de ser capazes de lidar com cada obstáculo único ao longo do caminho. É por isso que tenho levado tanto tempo para montar esse projeto“, disse Bill Grier.

6 Comentários

  1. A AM4U está em processo de aquisição. Teremos de acompanhar seu destino para verificar formas de instalar sua tecnologia de mini-fábricas por aqui. Bom artigo.

  2. […] A fim de mitigar os efeitos ambientais nocivos da produção têxtil, uma empresa com sede na Califórnia chamada Colorep providenciou uma alternativa inovadora que irá praticamente eliminar o uso de água de coloração têxtil. Conhecido como AirDye, esta tecnologia utiliza ar para tingir tecido, o que diminui o consumo de água em 95% e elimina o uso de produtos químicos tóxicos nos banhos de tingimento. Além de reduzir a poluição da água, o AirDye é capaz de penetrar no tecido e, subsequentemente, tingir os filamentos dentro do tecido diferente da prática tradicional de tingimento sobre a superfície dos tecidos. Essa é a mesma tecnologia de tingimento empregada na mini fábrica AM4U. […]

DEIXE UMA RESPOSTA