Pesquisadores do Holst Center desenvolveram um protótipo de camiseta inteligente que integra um eletrocardiograma médico (ECG) para monitoramento da taxa da respiração e profundidade da respiração através da inovadora tecnologia da eletrônica impressa. A nova camiseta que monitora os sinais vitais mostra como a eletrônica impressa pode realmente melhorar a nossa vida, permitindo o monitoramento contínuo e preciso dos nossos dados biométricos a partir do conforto de nossas casas.

O Holst Centre (Holanda), é um centro independente de pesquisa avançada formado pelo imec (Flandres, Bélgica) e a Organização Holandesa para Pesquisa Científica Aplicada (TNO). A camiseta representa a terceira geração de roupas inteligentes da Holst Centre com tecnologia de eletrônica impressa sobre tecidos, oferecendo total liberdade no design e optimização dos sensores e eletrônica, sendo super fino e 100% esticável. Com isso, as propriedades da eletrônica se tornam semelhantes aos do tecido, permitindo uma integração discreta e funcional.

A camiseta mede continuamente o eletrocardiograma do usuário (ECG), respiração e movimento usando o poder do chip multi-sensorial de aquisição de dados sem fio da imec que monitora de forma eficiente o movimento do usuário e pode compartilhar os dados através de um sistema de baixa energia Bluetooth sem fios para um smartphone.

O design também aumenta o conforto do usuário, já que a camiseta incorpora eletrodos secos compactos, em vez de uma faixa de peito. Os eletrodos são aplicados sobre o tecido usando tintas condutoras de eletricidade produzidas pela DuPont Electronics & Communications, que permite que a sua forma seja optimizada para o contato máximo com a pele, para facilitar um sinal forte e monitorização do desempenho atlético.

Nova camiseta inteligente utiliza eletrônica impressa para monitorar os sinais vitais stylo urbano

A DuPont tem um departamento inteiro dedicado a produzir tintas e pastas que permitam a produção de peças de vestuário inteligentes, sensores flexíveis e embalagens médicas inteligentes, assim como a tintas eletrônicas em molde, filmes fotovoltaicos orgânicos (OPV) e diodo orgânico que emite luz (OLED) para iluminação e protótipos. A colaboração entre a DuPont e o Holst Centre continua a impulsionar os avanços empolgantes em eletrônica impressa. A introdução de grafeno na eletrônica impressa dará um novo impulso a essa tecnologia.

O design da camiseta e seus componentes eletrônicos impressos podem ser facilmente adaptados para um melhor contato dos eletrodos na pele. A eletrônica impressa permite maximizar o desempenho dos sensores eletrônicos dando-lhes flexibilidade e uma fácil incorporação sobre os tecidos. O projeto pode ser adaptado para uma variedade de aplicações como por exemplo, monitoramento de pacientes em hospitais, uniformes militares, atendimento domiciliar, cuidados de idosos e é adequado para moda esportiva e fitness.

Os desenvolvedores dizem que a camiseta com eletrônica impressa dá aos usuários uma monitorização cardíaca de alta qualidade em casa, além de ser mais confortável de usar. A camiseta pode operar por até dois dias com uma única carga da bateria por causa do sensor de baixa potência e eletrônica de rádio, e suas propriedades mecânicas e de encapsulamento são projetados para facilitar o processo de lavandaria. A camiseta é também totalmente compatível com os processos atuais de fabricação de vestuário pois os eletrodos podem ser laminados em qualquer peça de vestuário, na fase final de produção.

Holst Centre está à procura de mais parceiros para levar sua camiseta inteligente de sinais vitais para o mercado e desenvolver a tecnologia para outras aplicações. A Holst Centre pode projetar qualquer tipo de vestuário e aplicativo para a indústria, onde os eletrônicos impressos estarão facilmente integrados no tecido como parte do processo de fabricação de vestuário convencional.

Fonte: Holst Centre

DEIXE UMA RESPOSTA