No mundo tumultuado e perigoso em que vivemos, poder se proteger de uma arma de fogo disparada a queima roupa durante um assalto ou atentado é o que faz a diferença entre a vida e a morte. Para algumas pessoas, investir em sua segurança pessoal é algo vital e usar uma roupa que seja bonita, discreta e também blindada faz toda diferença. Para atender a esse lucrativo nicho de mercado, o empresário colombiano Miguel Caballero se tornou o “Armani” da roupa blindada.

Caballero é um alfaiate que trabalha em Bogotá, na Colômbia que cria roupas estilosas à prova de balas para auto proteção. Na época em que o narcotraficante Pablo Escobar aterrorizava a Colômbia do início dos anos 1990, Caballero estudava administração de empresas na faculdade. Ele conheceu uma garota que vestia coletes de Kevlar grandes, robustos e desconfortáveis para se proteger de um atentado.

Vê-la assim despertou em Caballero a ideia de criar uma proteção que fosse confortável, discreta e bonita. Assim nasceu o império de roupas blindadas Miguel Caballero que faturam US$ 20 milhões em vendas ao ano. Ele tem lojas na Colômbia, no México e na Guatemala, que distribuem produtos para 24 países em todo o mundo.

O alfaiate Miguel Caballero é o "Armani" da roupa blindada stylo urbano-1

O produto mais vendido da marca é a camiseta regata Armor T-Shirt, que custa US$ 1.690. Ela pesa menos 900 gramas e é surpreendentemente leve e maleável. Por dentro do tecido, a sensação é que há uma fina camada de resina, que protege contra tiros de pistolas 9mm e Magnum .357. Você pode vesti-la debaixo de sua roupa, e ninguém vai perceber. Essa é a camiseta ideal para se usar nas caóticas e violentas cidades brasileiras.

O alfaiate Miguel Caballero é o "Armani" da roupa blindada stylo urbano-2Miguel Caballero desenvolve três tipos de coleções sendo uma a linha Black, coletes de padrão militar, escudos, capacetes e armaduras resistentes a explosões em sua linha S33 e roupas para motoqueiros e seguranças na linha MC4-G.

A linha de moda casual Black tem peças para homens e mulheres e é composta de jaquetas, casacos, camisas e camisetas todas blindadas. Caballero cria roupas blindadas sob medida de acordo com as necessidades do cliente. Ele tem materiais à prova de Tasers, à prova de facadas e à prova de fogo. Isso é que é tecnologia.

Caballero disse que seus clientes incluem policiais e militares colombianos, e 11 presidentes latino-americanos mas também recebe pedidos de pessoas comuns. A tecnologia para seus tecidos à prova de balas começa com uma tela multicamadas. Um padrão de fibras trançadas detém a bala no momento do choque e, em seguida, espalha a energia do impacto por uma superfície mais ampla.

O alfaiate Miguel Caballero é o "Armani" da roupa blindada stylo urbano-3

A coleção 2016 de Caballero é a mais moderna e discreta até agora. O novo smoking Baeza é uma delicada mistura de cotelê, camurça e algodão, com um preço entre US$ 1.500 e US$ 4.000, dependendo do nível de proteção escolhido pelo comprador. O colete esportivo feminino Nazca Vest (US$ 3.800) conta com uma placa antitrauma e proteção torácica numa roupa colada e flexível.

O painel à prova de balas pode deter disparos de Magnums 357, 38 Supers e submetralhadoras mini Uzi. Simplesmente incrível ter esse tipo de proteção numa peça de roupa que parece como qualquer outra e não uma armadura de Robocop. Esse é um dos motivos do sucesso da marca Miguel Caballero.

Fonte: Motherboard

2 Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA