A fabricação de moda atualmente gera um grande impacto sobre o meio ambiente. Existem empresas que tentam atrair vendas utilizando o selo de sustentabilidade, mas seu método de fabricação não é exatamente sustentável, então como os consumidores poderão confiar no produto da marca? Esta semana, foi lançado o Povigy , um aplicativo que lhe diz como, onde e por quem suas roupas foram fabricadas. Kate Nolan Bryden é a criadora do aplicativo que visa resolver o problema de greenwashing  na indústria da moda.

Várias marcas fazem declarações ambíguas de serem sustentáveis ou socialmente responsáveis sem darem provas concretas disso. “Queremos ter um impacto social e ambiental em escala global, sob a forma que as compras são feitas”, disse Kate no site Observer“A etiqueta pode dizer que a blusa é feita 100% de algodão orgânico, isso é maravilhoso, mas não me diz se ela foi produzida de forma responsável. A etiqueta não mostra a história completa” finaliza ela.

Ao digitalizar o código QR do tag preso na roupa ou acessório, você poderá saber instantaneamente todo histórico de fabricação da peça e a marca saberá o que você comprou e onde. O Povigy é uma ferramenta que ajuda os clientes a compreender melhor as suas compras, como os produtos foram feitos e em quais condições. É uma plataforma que ajuda as marcas a capitalizar sobre a criação do produto responsável e para conectar os clientes com os fabricantes.

O pessoal da Povigy viaja até o local de fabricação dos produtos, o que pode ser localmente ou do outro lado do mundo para saber como os materiais são obtidos, como e por quem é feita a fabricação da roupa ou acessório, como a embalagem é feita e o envio do produto final. Além disso, a partir do mesmo aplicativo, você poderá visualizar as fotos ou vídeos do processo de produção ou ler simplesmente como o produto é feito passo a passo.

Essa é uma forma de garantir a transparência e também expandir a moda circular. O aplicativo Povigy é mais um exemplo de como a “Internet das roupas” vai dificultar bastante a vida das empresas que não adotarem a transparência de produção. Em alguns anos, todo tipo de produto vai estar conectado em nuvem e seus dados de fabricação facilmente acessíveis através do smartphone. A transparência e sustentabilidade serão ferramenta de marketing para atrair consumidores que estão interessados em comprar de forma responsável. E essa mudança já começou!

DEIXE UMA RESPOSTA