A Volkswagen apresentou no Paris Motor Show 2016 seu carro conceito I.D. que além de ser elétrico conta com o recurso de auto condução que pode ser acionado pelo smartphone. Para mostrar a tecnologia do futurista I.D., a empresa lançou um curta que mostra o veículo em ação e sua aposta nos carros elétricos autônomos.


No início do vídeo, uma mulher pega seu smartphone e manda seu carro elétrico I.D. que está parado no estacionamento, dirigir sozinho até a frente de seu prédio e abrir a porta para ela. A mulher entra no carro com design futurista emoldurado por LEDs e cai na estrada. Mais tarde, quando está entediada de dirigir, ela toca no logotipo do volante fazendo-o recuar para dentro do painel de instrumentos. Isso faz com com que a inteligência artificial assuma a condução do carro, permitindo a usuária ler as mensagens que estão sendo exibidas no para-brisa ou observar a paisagem.

Essa é uma visão cada vez mais familiar do nosso futuro automotivo onde os carros ganham inteligência própria tornando os motoristas obsoletos. Depois do escândalo Dieselgate, onde  a   Volkswagen  foi processada nos EUA por fraudar os testes de emissão de CO2 de seus carros vendidos como “ecologicamente eficientes”, a empresa está agora investindo pesado em modelos elétricos que não emitem poluição e podem dirigir sozinhos. Uma coisa é certa, o carro é lindo!

O carro elétrico I.D. promete ter uma autonomia entre 400 km e 600 km e quando chegar ao mercado em 2020, a Volkswagen disse que seu preço será semelhante ao de um Golf bem equipado. O I.D. também terá condução totalmente automatizada até 2025. Embora tenha toda essa tecnologia, o I.D. foi projetado para ser um carro popular. São modelos assim que serão usado por empresas de carros compartilhados como a Uber. Será o fim do serviço de táxi como os conhecemos hoje.

O carro conceito I.D. é a aposta da Volkswagen nos carros elétricos autônomos stylo urbano

DEIXE UMA RESPOSTA