Como vamos trabalhar no futuro? Os profissionais de hoje procuram espaços de trabalho mais informais e dinâmicos para trabalhar, por isso a grande procura por espaços de coworking, isso significa que os escritórios vão precisar refletir suas necessidades. Designers e arquitetos estão planejando ambientes que sejam montados em torno das pessoas, em vez das pessoas ficarem confinados nos ambientes. Há uma nova geração de profissionais que estão entrando no mercado de trabalho a nível mundial, e eles são rápidos, estão digitalmente conectados, e buscam locais de trabalho mais dinâmicos, informais e flexíveis.

O projeto do MIMIC combina as funções de divisórias e privacidade, controle acústico, exibição de mídia e de iluminação interior. A proposta é modificar a estrutura do escritório genérico de décadas passadas por alternativas mais flexíveis e amigáveis. A busca para trazer as características de um ambiente online dinâmico para o espaço físico foi realizado visando as pessoas criativas que trabalham em sistema de coworking.

O MIMIC ainda é um projeto conceito, mas seus idealizadores querem torná-lo realidade em breve. O legal dele é transformar os estáticos espaços interiores dos prédios em algo que possa mudar sua aparência ou reagir aos movimentos dos ocupantes através da tecnologia digital.

O sistema flexível desenvolvido pelo escritório de arquitetura MG2 em parceria com a Eastman Innovation Lab , é feito de painéis hexagonais que podem abrir, fechar e alterar sua aparência dependendo das necessidades do usuário e do ambiente. “O local de trabalho do futuro não é um ambiente em que você tem que trabalhar ao redor dele, mas,  um ambiente que funciona em torno de você”, observa Zac Feltoon, um dos designers na equipe de projeto transdisciplinar.

O sistema modular pode satisfazer uma série de cenários diárias: combina funções de divisórias para privacidade, controle acústico, exibição de mídia e até mesmo iluminação interior em um único produto. Os painéis de vidro em forma de hexágono usam Saflex, um material que pode ser laminado entre o vidro para proporcionar um isolamento sonoro.

O MIMIC pode ser empregado como uma parede ou um espaço aberto. Como uma parede, ele pode funcionar como uma grande tela de vídeo, tornando mais fácil do que nunca para manter contato com os membros da equipe que estão espalhados ao redor do mundo. A parede usa o sistema de cores Vanceva, que tem 3.000 cores diferentes que permitem aos usuários personalizar o seu espaço, mantendo um alto nível de luminosidade. “Nossa visão de futuro para o MIMIC é torná-lo totalmente interativo”, afirma a equipe de design.

O que achou do MIMIC para os novos espaços de trabalho? Comente.

DEIXE UMA RESPOSTA