Com a capacidade de produzir rapidamente roupas baratas seguindo as últimas tendências das passarelas internacionais, as redes de fast fashion conseguiram dominar globalmente o mercado de moda popular nos últimos anos. O sucesso de empresas como H&M, Zara, Forever 21, Primark entre tantas outras foi graças as eficientes cadeias de suprimentos e economia de escala que permitiram fornecer roupas bonitas e “na moda” com preços muito baixos.

No entanto, como o fast fashion se tornou amplamente disponível através da homogeneidade de estilo, está se tornando obsoleto. Os consumidores das gerações Y e Z estão ansiosos para recuperar o seu próprio estilo pessoal, procurando produtos exclusivos e adaptados individualmente que refletem seus próprios valores ao invés de seguir um estilo homogêneo. Algumas marcas de roupas e calçados começaram a prestar atenção a esse público e já estão oferecendo a personalização de produtos para os consumidores de forma rápida e em maior escala.

Personalização é tendência em todas as categorias de consumo

A marca de moda feminina eShakti é uma das plataformas online de personalização de roupas mais antigas, fundada em 2001. A marca é focada em roupas com design moderno e atemporal, atraindo mulheres de vários tamanhos e formas, que procuram peças com bom ajuste. eShakti é sobre o empoderamento feminino pois Shakti em sânscrito significa “poder”. A marca faz sucesso entre as clientes americanas pois lhes dá a poder de modificar a roupa de acordo com seu estilo e tamanho.

Esta marca de e-commerce oferece uma ampla gama de modelos feitos sob medida onde a cliente pode escolher o tipo de tecido, estampa, formato do decote, tipo de mangas e comprimento. A marca promete entregar um vestido personalizado dentro de 13 a 17 dias, o que é bem impressionante pois a fabricação é feita na Índia, e se a cliente nos EUA não gostar da roupa a devolução é gratuita. A eShakti foi classificada entre as 100 empresas mais inovadoras do mundo em 2015 pelo Internet Retailer.

Camisas costurada por alfaiates e medidas pelo smartphone

Agora os homens podem comprar uma camisa com encaixe perfeito bastando tirar cinco fotos no seu smartphone. As startups UKYS e MTailor fabricam camisas masculinas personalizadas feitas sob medida com a ajuda de um aplicativo móvel, e permite aos clientes personalizar suas camisas.

A única diferença está no fato de que a medição das camisas é feita pelo smartphone do cliente em vez dele ter que se deslocar até o alfaiate. As camisas estão disponíveis em vários estilos, cores e tecidos onde o cliente pode escolher os botões, tipos de gola e punho. Poder tirar suas medias pelo aplicativo móvel, personalizar a roupa e depois recebê-la em casa não é um luxo?

A Indochino é uma empresa canadense fundada em 2007 por Kyle Vucko e Heikal Gani, que odiavam fazer compras em lojas de roupas masculinas tradicionais. Os jovens empresários resolveram apostar na personalização de camisas e ternos feitos sob medida. Basta o cliente acessar o vídeo que mostra o passo-a-passo de como tirar suas próprias medidas, depois é só escolher o modelo de camisa ou terno para personalizar os detalhes como tecido, lapelas, forros, colocação do bolso e monogramas. O cliente pode decidir tudo online ou numa das lojas da marca. As roupas da Indochino são de excelente qualidade e bem mais baratas do que um alfaiate.

Dois empresários de moda dinamarqueses inventaram um algoritmo que pode criar uma camiseta sob medida com suas especificações exatas. A startup Son Of A Tailor tem como objetivo fornecer a seus clientes camisetas premium personalizadas feitas de algodão supima cultivado e colhido no sul da Califórnia.

Ao acessar o site da marca, será solicitado a você uma série de perguntas para garantir que obtenha a melhor camiseta que você já vestiu. O primeiro é a cor e espessura da malha de algodão supima, depois pode escolher o tipo de decote, manga, bolso, tamanho e o bordado do monograma. Você pode informar ao algoritmo sua idade, peso, altura e tamanho do sapato e o sistema irá escolher o tamanho que você precisa automaticamente.

Fabricada em Portugal, a camiseta leva cerca de duas semanas para chegar a sua casa pelo correio. A sustentabilidade é o lema da marca, pois não tem nenhum estoque e os retornos dos produtos vendidos são baixos. Além disso, por ter controle total sobre sua cadeia de suprimentos, a empresa pode garantir que seus fornecedores não poluem o meio ambiente e exploram trabalhadores. A personalização de calçados já mencionei num post anterior que pode acessar aqui.

A personalização continuará a ser uma tendência-chave na indústria da moda nos próximos anos. No entanto, as marcas realmente precisam trabalhar duro para oferecer produtos personalizados em escala, com produção e entrega mais rápidos e custos mais baixos para alcançar a verdadeira ruptura e se tornar uma alternativa ao fast fashion. E qual empresa de tecnologia promete inaugurar essa nova era da moda personalizada em escala? A Amazon como mostrei num post anterior.

DEIXE UMA RESPOSTA