A utilização de algodão reciclado para se criar tecidos é uma excelente escolha para marcas de moda que querem diminuir sua pegada ambiental, pois além de ter um processo de produção têxtil sustentável, se tem a vantagem de poder utilizar toneladas de tecidos descartados que acabariam se acumulando nos aterros.

Toneladas de retalhos de algodão sobram dos cortes dos tecidos nas confecções todos os dias além de todas as roupas que são descartadas pelas pessoas. Esse tecidos podem ser reciclados através da trituração mecânica, para depois serem processados e unidos a outras fibras para se criar novos fios de algodão reciclado.

O processo de reciclagem é ambientalmente amigável, uma vez que não usa água, corantes ou produtos químicos já que os retalhos de tecidos são classificados e agrupados por cores para produzir um novo algodão em cores diferentes. O legal do algodão reciclado é que ele aproveita toda a energia, água, fibras e tingimento que foi gasto para produzir o tecido original, mas gastando menos tempo, energia e dinheiro para se produzir um novo tecido.

Recover transforma resíduos têxteis e roupas usadas em uma nova linha de tecidos stylo urbano

A empresa espanhola Hilaturas Ferre desenvolveu o Recover cujo fio é 100% produzido a partir da reciclagem de resíduos têxteis e roupas usadas, criando um fio de alta qualidade em 7 cores, sem consumir água, corantes e agroquímicos tóxicos como o algodão comum. A empresa produz três tipos de fios misturando algodão reciclado + PET reciclado(ou nylon reciclado), algodão reciclado + PET reciclado + Tencel e algodão reciclado + algodão orgânico + cânhamo.

O vídeo abaixo mostra o fascinante processo de fabricação do Recover que é utilizado por grandes marcas de moda internacional.

DEIXE UMA RESPOSTA