A Seattle Opera resolveu inovar com sua nova atração “As Bodas de Fígaro” composta por Mozart, onde os trajes usados pelos cantores apresentam silhuetas do século XVIII mas com uma adição surpreendente:  a maior parte do tecido é de jeans reciclado! Rebites e detalhes feitos de zíperes decoram os casacos militares, partes de um par de jeans tornam-se o corpete de uma empregada, e muito mais.

Essa é a primeira vez que a indumentária de uma Opera utiliza principalmente o jeans. Para criar os looks, a gerente de produção, Heidi Zamora, utilizou nos trajes dos personagens aristocráticos tecidos de denim novos, e nos personagens que representam a plebe, foram utilizados jeans velhos e desgastados para dar mais autenticidade. Além do jeans foram utilizados outros tecidos como algodão, sarja, renda e couro desgastado. O resultado ficou fantástico! Veja o site do Seattle Opera aqui.

Seattle Opera utiliza jeans reciclados para compor os trajes de "As Bodas de Fígaro" de Mozart stylo urbano-1 Seattle Opera utiliza jeans reciclados para compor os trajes de "As Bodas de Fígaro" de Mozart stylo urbano-2 Seattle Opera utiliza jeans reciclados para compor os trajes de "As Bodas de Fígaro" de Mozart stylo urbano-3 Seattle Opera utiliza jeans reciclados para compor os trajes de "As Bodas de Fígaro" de Mozart stylo urbano-4 Seattle Opera utiliza jeans reciclados para compor os trajes de "As Bodas de Fígaro" de Mozart stylo urbano-5 Seattle Opera utiliza jeans reciclados para compor os trajes de "As Bodas de Fígaro" de Mozart stylo urbano-6 Seattle Opera utiliza jeans reciclados para compor os trajes de "As Bodas de Fígaro" de Mozart stylo urbano-7Seattle Opera utiliza jeans reciclados para compor os trajes de "As Bodas de Fígaro" de Mozart stylo urbano-8

DEIXE UMA RESPOSTA