É uma substância que promete mudar o mundo da cor. Trata-se de uma linha de pigmentos inteligentes criados por uma startup francesa, que mudam de tom em função de fatores como a temperatura ou a luz. Os criadores patentearam um método que tem sido cobiçado por grupos do setor aeronáutico, automóvel, têxtil e ainda por fabricantes de eletrodomésticos.

Na verdade, é um produto que parece ter intermináveis aplicações.“É uma substância que é feita com elementos orgânicos e inorgânicos. Dependendo da fórmula que é utilizada, estes novos materiais adaptam-se à luz de uma sala, ou ao calor e às mudanças de pressão”, explica Jean-Francois Letard, diretor da Olikrom.

Um exemplo: painéis decorativos que mudam de cor no contacto com as condições do ambiente que os rodeia. Mas não estamos falar apenas do lado estético. Segundo os responsáveis, há uma série de aplicações em vista na área da segurança.

Startup francesa cria pigmentos inteligentes que prometem mudar o mundo da cor stylo urbano-1

“O desafio é desenvolver uma tinta que possa indicar, por exemplo, se uma peça de um avião foi danificada durante um transporte, ou se o próprio avião apresenta sinais de colisão com pássaros ou objetos na pista que possam afetar a estrutura do aparelho”, declara Jean-Francois Letard.

Os novos pigmentos podem ajudar uma equipa de manutenção de um determinado transporte a identificar a necessidade de fazer uma inspeção, chamando a atenção para problemas que são difíceis de detetar.

DEIXE UMA RESPOSTA