Você sabia que quase metade de todas as compras de roupas feitas online por mulheres são devolvidas por causa do tamanho errado? É por isso que o comércio eletrônico é responsável por apenas 15% do total das vendas de vestuário pois os consumidores estão relutantes em comprar roupas que não podem experimentar pois o tamanho veio grande ou pequeno demais. Mas com as roupas de tecnologia vestível, comprar roupas do tamanho errado na internet se torna coisa do passado.

A startup israelense Like A Glove está decidida a acabar com esse problema, através de um vestido e legging de malha inteligentes. Basta a cliente colocar sua roupa Like A Glove no conforto da sua casa que o aplicativo converte em segundos suas medidas no tamanho exato das roupas, enviando os dados através de Bluetooth para o aplicativo Like A Glove no seu smartphone ou tablet. Isso é especialmente útil se a cliente estiver comprando roupas internacionalmente.

O aplicativo irá salvar os dados para a conta pessoal da cliente, assim ela pode usar o motor de busca da Like A Glove para encontrar os itens de vestuário que está procurando, e no tamanho certo! O inovador motor de busca não só sugere os itens que são do tamanho certo, mas também aqueles que se adequam melhor ao seu tipo de corpo.

A startup israelense desenvolveu um protótipo de vestido curto inteligente que tira as medidas da usuária mas por enquanto o que está sendo vendido no site é uma legging de malha inteligente para encontrar online calças jeans na medida exata. Comprar roupas pela internet acaba sendo um desafio pois os clientes ficam confusos com os diferentes tamanhos das roupas.

Tecnologia vestível elimina o problema de comprar roupas com tamanho errado na internet  stylo urbano

A maioria das fabricantes de moda usam medições diferentes pois as pessoas de cada país tem físicos diferentes. Essa confusão de medidas contribui para alta devolução das roupas o que encarece os custos das empresas. Esta preocupação com ajuste também é visto nas baixas taxas de conversão em estabelecimentos comerciais de roupas online.

A tecnologia é fantástica pois acaba com a insatisfação das clientes em receber roupas no tamanho errado. Mas será que vender essas roupas inteligentes no varejo é a melhor solução para a Like A Grove? Seria melhor vendê-las no atacado diretamente para as empresas de e-commerce para que sejam alugadas as clientes que compram em suas lojas online. Afinal, quem melhor do que elas por causa da alta taxa de devolução?

As clientes pagariam uma taxa mensal irrisória até cobrir o valor da roupa e ficar com ela, dessa forma poderão tirar suas medias na hora que quiserem mesmo se ganharem ou perderem peso, pois a roupa é de malha, e terem a segurança de receber em casa roupas na medida certa. É como se lojas virtuais como Farfetch ou Dafiti repassassem o valor de atacado da roupa Like A Grove para as clientes, que as comprariam em 6 ou mais vezes.

Esse sim é um serviço diferencial no concorrido mercado de e-commerce e até agora foi a melhor proposta que apareceu para eliminar a compra de roupas com numeração errada. A pergunta é, quando estará disponível a versão masculina?

DEIXE UMA RESPOSTA