Animais celestes vêm à vida nesta luminescente instalação escultórica do artista francês Julien salaud. Para dar vida á sua série “Caverna Estelar”, 45 quilômetros de fios de algodão são revestido de tinta UV e depois são precisamente colocados nos tetos e paredes da galeria nas formas de criaturas surreais, utilizando 65.000 pregos para formar uma tapeçaria incandescente iluminada por dezenas de LEDs azuis que transformam a sala em uma gruta intergaláctica. Por 27 dias, o artista francês decorou uma das adegas Ackerman em Saint-Hilaire-Saint-Florent na França, para dar livre curso à sua imaginação.

Apaixonado pelas ligações entre o homem e a natureza, ele compôs um belíssimo rio celestial pontilhado com personagens de sonhos ou abstratos. As representações poligonais de pessoas, animais e figuras zoomórficas pretendem evocar a ideia de constelações de estrelas, com alusões à mitologia e misticismo. Os intricados animais que se formam através do entrelaçamentos de quilômetros de fios, parecem ser parte de uma mitologia cósmica que envolve o espectador na luz ofuscante de uma galáxia distante. A instalação de Julien salaud foi montada nas adegas Ackerman e na Abadia de Fontevraud. O resultado é tão bonito quanto um sonho mágico!

O que achou dessa instalação com tinta UV e fios de algodão? Deixe seu comentário.

DEIXE UMA RESPOSTA