A empresa de tecnologia Novalia usa tinta condutora impressa que transforma qualquer superfície 2D em instrumentos musicais.  A empresa de tecnologia sediada no Reino Unido, foi fundada pela Dr. Kate Stone, e é conhecida por adicionar interatividade musical à impressão de cartazes, embalagens, livros, pisos e paredes. Agora, eles desenvolveram o Printed Touch Creator Kit, que permite que qualquer pessoa, artista ou hacker possa criar interfaces interativas através de uma etiqueta de papel fino, pré-impresso com tinta condutora.

O Kit contém adesivos impressos em vários tamanhos, um módulo de controle de pressão e uma ferramenta de software simples, permitindo que o usuário faça qualquer objeto interativo, e nenhuma programação ou soldagem de fios são necessários. As etiquetas têm sensores de toque pré-impressos feitos de tinta condutora de um lado e são auto-adesivos na parte dianteira e traseira para que o usuário pode colocá-los em qualquer superfície não condutora.

O módulo de controle, que contém uma bateria e um alto-falante, é então colado na etiqueta. Ilustrações personalizadas podem ser presas ao longo do módulo. O trabalho da Novalia lembra muito o de outro estúdio londrino, o Bare Conductive, que utiliza tinta condutiva para animar objetos.

O circuito na etiqueta tem grandes áreas feitas de carbono, que atuam como “hotspots” que são ativados pelo toque, e são conectados por finas faixas em almofadas dentro do módulo de controle. O módulo de controle detecta toques e ativa o som que você selecionou para o hotspot tocar. Por último, usando a ferramenta de software simples para PC ou Mac, selecione os sons de sua escolha e os associe a qualquer ponto de contato que você deseje na etiqueta. O sistema é leve, o circuito é impresso no papel e a tecnologia de toque é quase imperceptível abaixo dos gráficos em que foi instalada.

[metaslider id=21112]

No início deste ano a Novalia fez grande sucesso com o seu DJ QBert’s interactive printed DJ Decks.

DEIXE UMA RESPOSTA