Pense rápido: você moraria numa igreja reformada? Algumas pessoas não tem problema nenhum com isso e compram antigas igrejas que estavam abandonadas e as transformam em “divinas” residências. E põe divinas nisso pois espaço, pé direito alto e beleza é que não faltam nesses outrora centros religiosos. Confira três igrejas que se transformaram em sofisticadas residências para famílias sortudas.

A igreja vitoriana James Spicer Memorial Church Hall School no bairro de Chingford em Londres, foi originalmente construída em 1890. Após anos de declínio no número de fiéis, o majestoso edifício gótico foi vendido a um construtor em 2004 que arquitetonicamente converteu a igreja Vitoriana em uma residencia. Em 2013, a propriedade mudou de mãos novamente e foi vendida para a designer de interiores brasileira Gianna Camilotti que deu uma fantástica reforma e transformou-a numa casa de família do século 21.

O impressionante interior é decorado com mobiliário contemporâneo e a iluminação é toda feita por designers italianos. No jardim ao ar livre, foi dado um toque mediterrânico com belas árvores de azeitonas entre outras plantas e um espaço para reunir a família ou os amigos. A primeira pedra original do edifício vitoriano foi colocado em 11 de janeiro de 1890 e foi preservado para honrar sua história. Essa foi uma bela forma de preservar uma belíssima igreja que poderia ter sido demolida.

O estúdio DOS Architects completou uma renovação intrigante dos dois últimos andares da Westbourne Grove Church, uma capela Batista inicialmente construída em 1853. Situada em Notting Hill, em Londres, os interiores do novo apartamento parecem desafiar seu entorno, apresentando um design altamente contemporâneo. O pé direito duplo atua como o núcleo do loft; as janelas em arco originais da igreja foram mantidas intactas e inundam o interior na luz natural.

Rosa e roxo foram empregados para adicionar cor ao lugar, contrastando de forma dinâmica com as etéricas paredes brancas. A casa tem uma área total de 400 metros quadrados e os dois andares estão conectados através de uma interessante escada espelho. Combinando o design arrojado com a arte da tecnologia e acabamentos modernos, é difícil acreditar que este apartamento futurista está em uma antiga igreja tradicional. Isso é o legal da coisa toda não acham?

Converter antigas igrejas em casas modernas na Holanda tornou-se uma tendência. Esta linda casa minimalista em Utrecht foi reformada pela Zecc Architecten e cria um interessante contraste com as formas originais da capela. Os coloridos vitrais originais da igreja foram mantidos para dar uma teatralidade e não esconder o seu passado. Aberturas com vidro no teto trazem a luz do dia para dentro da casa criando uma sensação de serenidade e contemplação. Outros elementos, como alguns móveis originais e o órgão também foram mantidos. Morar numa antiga igreja reformada que tem um órgão particular é o máximo!

DEIXE UMA RESPOSTA