Parece mágica mas é alta tecnologia! O vidro inteligente muda sua aparência em segundos, para se adaptar ao uso e necessidades de seus ocupantes. Essa tecnologia de vidros eletrocrômicos funciona ao mudar a polarização elétrica entre alguns de seus componentes, e sua variante mais utilizada é a conhecida como PDCL.

Esta consiste em uma película muito fina de cristal líquido que se localiza entre duas camadas plásticas transparentes condutoras (geralmente de vidro laminado), que muda sua aparência de um tom transparente a um opaco. Quando estão desenergizados, os cristais líquidos estão em um estado desordenado, desalinhado e fractando a luz, proporcionando um tom branco opaco.

Quando são energizados com uma voltagem entre 24 e 100 volts, os cristais são ordenados e entregam uma transparência entre 55% e 85%. Essa inovação atualmente está disponível em uma grande quantidade de cores, e a estabilidade ante os raios ultra-violeta que era um dos problemas da primeira geração desses vidros, está praticamente solucionada.

O vidro inteligente é a solução ideal pois fornece privacidade e praticidade, eliminando a necessidade de cortinas e persianas. Ele pode ser usado para ajudar a esconder uma seção ou até mesmo uma sala inteira, da forma mais elegante e moderna.

O interessante é que além da capacidade de ficar opaco e transparente, o vidro inteligente também se transforma numa enorme tela interativa multi-touch, onde você poderá manusear imagens e assistir vídeos, sendo útil para salas de aula, escritório, casa, estabelecimentos comerciais entre outros. Em 2027, os vidros inteligentes estarão em todos os lugares, inclusive revestindo prédio inteiros para criar os efeitos visuais mais incríveis na fachada.

DEIXE UMA RESPOSTA