As estradas do futuro poderão alimentar os veículos elétricos enquanto estão em movimento, eliminando a necessidade de parar para recarregar ou reabastecer novamente. A startup israelense Electroad está trabalhando para melhorar o ar das cidades com uma tecnologia que eletrifica as estradas existentes com bobinas enterradas embaixo do asfalto, que carregar indutivamente os veículos elétricos. A equipe já realizou testes bem sucedidos da tecnologia, e pretende eletrificar uma estrada em Tel Aviv para alimentar ônibus elétricos de transporte público.

A startup utiliza uma tecnologia que se baseia na indução eletromagnética, o princípio básico por trás dos carregadores sem fios que alimentam smartphones. O CEO da Electroad, Oren Ezer, disse que só utilizam cobre e borracha e a implementação é rápida e fácil, e o processo de instalação começa com um raspador de asfalto que escava uma trincheira 8 centímetros de profundidade. Um segundo veículo instala as tiras de carregamento de energia sem fio e enche a trincheira de volta com asfalto.

Inversores inteligentes com comunicação em tempo real estão instalados nas laterais da estrada. A unidade da bobina anexado sob o veículo elétrico recebe energia transferida ao longo de um pequeno espaço de 24 centímetros. A radiação é minimizada e é localmente blindada para segurança do motorista e dos passageiros.

A Electroad pretende se concentrar no transporte público antes de abrir a plataforma para o trânsito privado. Quando o ônibus passa pela estrada elétrica, não precisará ser recarregado pois terá uma pequena bateria que o permitir rodar por até cinco quilômetros sem uma corrente elétrica. Essa tecnologia de eletrificar as ruas e estradas é super interessante pois vai impulsionar a venda de carros elétricos, e com isso acabar com a poluição do ar pelos combustíveis fósseis. Basta agora saber os custos para eletrificar todas as ruas de uma cidade.

Israel testa estrada elétrica que carrega sem fio veículos em movimento nas cidades stylo urbano

Removendo as pesadas e caras baterias elétricas dos veículos, a eletricidade será transferida pela estrada. Esta é realmente uma solução sustentável. A bateria de um ônibus elétrico além de custar caríssimo é muito pesada. Se você remover a pesada bateria, em seguida, o ônibus fica muito mais leve e exige menos energia além de custar mais barato.

Esta tecnologia irá diminuir os custos do transporte público e em seguida, poderá ser usado para alimentar outros veículos. A startup planeja testar sua tecnologia em uma rota de transporte público em Tel Aviv no próximo ano. Além de ser mais barata de implementar, será mais prática do que essa estrada elétrica inaugurada na Suécia que copia o sistema dos antigos bondes elétricos com torres eletrificadas.

DEIXE UMA RESPOSTA