Os cuidados de saúde sempre tiveram uma participação importante na nossa história. Em 2015, os desafios nunca foram tantos e em todo o mundo, o setor de saúde precisa de tomar medidas drásticas para mudar. Mesmo que a tecnologia vestível não pode (ainda) ter soluções para questões tão importantes como a recente epidemia de Ebola, ela traz algumas esperanças tranquilizadoras para o futuro.

Dos dispositivos wearables aos tecidos inteligente, nanotecnologia e coleta de dados, a tecnologia e a ciência se mesclam para melhorar as perspectivas de saúde. Segue a seguir uma seleção das próximas grandes tendências que devem ajudar a reinventar o modo como cuidamos de nossa saúde.

Mudando comportamentos

Graças à novas tecnologias, podemos usar ferramentas e benefícios inovadores de sistemas de incentivos para promover um modelo mais pró-ativa de saúde. Nós podemos monitorar e analisar os nossos comportamentos. Ao aprender a entender melhor como funciona nossos corpos, somos encorajados a fazer escolhas de estilo de vida mais saudáveis. Sensores avançados e algoritmos fornecem insights profundos e treinamento personalizado.

Uma população mais saudável, menos dependente dos recursos fornecidos pelo sistema de saúde precário do estado, resulta de cuidados de saúde sofisticados através de tecnologia vestível oferecidos pelas companhias de seguros, empregadores e prestadores de serviços. Promover a prevenção de doenças é o principal fatos dessa tecnologia de monitoramento inteligente da saúde.

O futuro dos cuidados médicos através da tecnologia vestível stylo urbano-1

Empoderando os pacientes

Através de diagnóstico e coleta de dados feito por dispositivos inteligentes, os consumidores são incentivados a terem um papel mais central quando eles interagem com o sistema de saúde. Mais importante é como o resultado é entregue. Os pacientes são capacitados com novas tecnologias de diagnóstico online, o que lhes permite reunir valiosos conselhos ou auto-diagnostico antes de visitarem um médico. Essas inovações prepararam melhor os pacientes a colaborar com os seus médicos, e pode ser reforçada com a orientação em torno de planos individuais de tratamento para garantir resultados ideais.

Com o Projeto Ara da Google, os usuários podem criar um smartphone modular que é precisamente adaptado às suas preferências estéticas e funcionais. Embora não tenha sido lançado no mercado ainda, a Vestigen, uma empresa eslovaca especializada em tecnologias biomédicas, está tentando construir sensores inteligentes que podem, usando várias tiras de teste, fazer coisas incríveis que vão desde a análise da qualidade da água para saber sua potabilidade, como usar uma gota de sangue para medir os níveis de açúcar.

O futuro dos cuidados médicos através da tecnologia vestível stylo urbano-2

Saúde digital portátil

Novas tecnologias, plataformas sociais e sistemas de dados são usados ​​por prestadores de cuidados de saúde para simplificar a forma como as informações são enviadas e acessadas para fornecer um modelo mais personalizado e eficiente de cuidados.

Algumas startups de tecnologia média como a Sherpaa criaram exames presenciais, permitindo que os pacientes se conectem remotamente com prestadores de cuidados de saúde para aconselhamento imediato e cuidado. Graças aos registros médicos armazenados online, a comunicação entre médicos, pacientes e pessoal médico tem sido facilitado, agilizando as comunicações entre os fornecedores com os dados e os registros do paciente que são acessados ​​e compartilhados de forma acessível, reduzindo ineficiências e erros.

O futuro dos cuidados médicos através da tecnologia vestível stylo urbano-3

Tratamento com realidade aumentada

As ferramentas médicas estão sendo atualizadas e alguns médicos e pacientes poderão usar microlentes de alta tecnologia que os fará enxergar mais longe e com melhor resolução além da impressão 3D, para melhorar o nível de atendimento que podem ser fornecidos aos pacientes. Sensores incorporados ajudarão os pacientes a serem diagnosticados e acompanhados.

Dentro das salas de exames e de operação, a realidade aumentada e as projeções holográficas permitirão que profissionais médicos, ofereçam tratamentos menos invasivos e mais eficazes. Quando a impressão 3D permitir que os técnicos de medicina possam produzir ​​próteses e implantes rentáveis, que podem ser adaptados para pacientes individuais, isso irá possibilitar mair conforto e funcionalidade e vai acelerar a recuperação.

O futuro dos cuidados médicos através da tecnologia vestível stylo urbano-4

Tecidos inteligentes

A criação de tecidos médicos inteligentes para serem usados em aplicações médicas se tornou ainda mais complexo e desafiador. Utilizando tecnologia de biometria corporal, pode-se monitorar tantos os exercícios físicos como a saúde do usuário através de sensores instalados na trama do tecido como é o caso da meia inteligente Sensoria.

Os tecidos inteligentes podem ser usados nos tratamentos médicos como fisioterapia e também na moda esportiva e fitness com os mais diversos tipos de produtos para auxiliar os usuários a terem um maior rendimento de seus exercícios para emagrecer ou ganhar massa muscular. Os tecidos inteligentes de monitoramento poderão se conectar via smartphone com supercomputadores de Inteligência Artificial como o Watson da IBM para prevenção e diagnóstico precoce do usuário através dos dados biométricos obtidos pela roupa inteligente.

O futuro dos cuidados médicos através da tecnologia vestível stylo urbano-5

DEIXE UMA RESPOSTA