O filme de 1989, “De volta para o Futuro 2”, retratava no cinema uma visão do futuro que se passava em 2015, e foi por causa disso que em janeiro a Microsoft apresentou o HoloLens, um óculo de realidade aumentada que permite interagir com hologramas tridimensionais, inspirado no óculos futurista usado pelo personagem Marty McFly Jr. O dispositivos é apenas um protótipo, mas já conseguiu tocar os corações e a imaginação de muitos. Na Internet, tem havido muitos comentários e idéias de como usá-lo. Mas o que eu vejo nesta tecnologia emergente é um potencial muito grande para a indústria da moda.

Essa invenção pode futuramente ser utilizada na moda, ajudando na criatividade dos designers e uma interação mais próxima dos consumidores com as marcas. Mas como toda tecnologia nova, o HoloLens tem que superar algumas limitações atuais como seu campo de visão limitado para que seja amplamente utilizado e dê asas a criatividade humana.

Veja abaixo como é a tecnologia do óculos de realidade aumentada hoje:

A tecnologia de realidade aumentada concorre com a a tecnologia de realidade virtual mas ambas são muito legais e devem ser exploradas ao máximo. A meu ver, em 2020 as lentes de contato com realidade aumentada estarão no mercado e essas inovadoras lentes irão substituir os óculos HoloLens de hoje.

4 maneiras de como a realidade aumentada pode enriquecer a indústria da moda stylo urbano-2

Desfiles de moda virtuais

No futuro, podemos ser testemunhas da criação de desfiles virtuais. Não seria a primeira vez que os modelos holográficos estão andando em uma passarela. Invenções como o HoloLens serão uma ótima ferramenta para os designers criarem as passarelas do futuro. Com essa tecnologia o público não precisa necessariamente assistir ao desfile de forma passiva, pois o HoloLens permite a interação, para que o público se movimente na passarela entre as modelos se tornando também um participante do evento.

O provador virtual no comércio e comércio eletrônico

Essa tecnologia seria de grande conveniência para lojas, especialmente de comércio eletrônico. Muitas empresas tentaram criar uma sala virtual, mas poucas conseguiram. O HoloLens poderia permitir uma interação mais estreita com as roupas e nos fazer imaginar que estamos realmente vestindo os itens. O óculos poderia criar uma maior oportunidade de experimentar os produtos de uma loja, mas você estará na verdade dentro de casa.

Ele permitirá verificar a roupa e decidir se você gosta ou não dela. A invenção também pode coletar dados sobre os consumidores, de modo a oferecer produtos personalizados e descontos em roupas que o consumidor poderia gostar. Mas o HoloLens teria que aprender a física do ponto de vista humano, pois tal provador poderia distorcer a realidade.

O design e prototipagem de roupas 

A realidade aumentada pode ajudar os estilistas a criarem virtualmente suas roupas e fazer as modificações na modelagem e inclusão de novos tecidos e materiais instantaneamente. As roupas ou acessórios poderão ser customizados de formas infinitas dependendo somente  da criatividade do designer, fazendo com que coleções virtuais inteiras possam ser criadas mais rapidamente e depois enviadas para a sua fabricação com as especificações dos materiais a serem utilizados e o detalhamento da modelagem.

O estilista também poderia dar ao cliente a chance de poder personalizar as roupas online, escolhendo os tecidos, cores e aviamentos criando uma peça exclusiva. O estilista poderá trabalhar de sua casa não precisando gastar tempo indo a uma confecção pois pode utilizar a realidade aumentada juntamente com o Skype para falar com os cliente.

Visual merchandising para a moda

Parece ser uma das maneiras mais fáceis e mais legais para usar HoloLens na moda. As loja e os designers irão facilmente ser capazes de usar o potencial da realidade virtual, a fim de planejar a decoração e o mobiliário da loja. É uma das vantagens da realidade aumentada que vai acelerar o trabalho e poupar muito dinheiro para as marcas que são obrigadas a mudar a aparência de suas boutiques a cada temporada. A realidade aumentada permite minimizar o risco de falha de um projeto para quase 0%. Como isso pode ser considerado uma desvantagem?

Estes são os exemplos do uso de realidade aumentada na indústria da moda onde os hologramas, realidade virtual e realidade aumentada são invenções extraordinárias de interação entre as pessoas e os produtos criando novas e surpreendentes formas de criar e consumir moda como nunca existiu antes na história humana. Está preparado para o futuro da moda tecnológica?

4 maneiras de como a realidade aumentada pode enriquecer a indústria da moda stylo urbano-1

DEIXE UMA RESPOSTA