Quando se trata de moda tecnológica, a empresa Myant é o segredo mais bem guardado de Toronto no Canadá. Além de produzir suas próprias linhas de vestuário inteligente, a Myant é a solução ideal para quem quer integrar a tecnologia em suas roupas. Sua instalação totalmente integrada permite que eles trabalhem em projetos de todos os tamanhos e escopos – desde pequenas startups até grandes agências governamentais e varejistas.

“O tecido está se tornando rapidamente num novo software que fornece serviços aos usuários, e os tecidos inteligentes e wearables têm a capacidade de fornecer uma imagem holística do corpo, melhorar a vida cotidiana e até mesmo transformar o futuro dos sistemas de cuidados de saúde”, disse Tony Chahine, CEO da Myant e membro da Smart Textile and Wearables Innovation Alliance (STWIA), com sede no Canadá.

Anunciado em 26 de abril de 2016, a formação da STWIA, com o apoio do Conselho Nacional de Pesquisa do Canadá (CNRC) e reúne 30 empresas canadenses de todos os níveis da cadeia de suprimentos, para compartilhar idéias, colaborar em projetos e desenvolver produtos inovadores que visa lançar o país na vanguarda da pesquisa e transferência de tecnologia para o que é visto como um mercado em rápido crescimento com o potencial de aumentar a expansão da indústria têxtil, desenvolvimento de novos produtos e tecnologias no Canadá.

O STWIA é a versão canadense do projeto AFFOA criado pelo governo americano a qual falei num post anterior. A fábrica de alta tecnologia em e-textiles e wearables da Myant no Canadá é um exemplo perfeito da Indústria 4.0.

Canadá está investindo no desenvolvimento de tecidos inteligentes e inovações úteis stylo urbano

O estúdio de design da Myant auxilia na criação de wearables e e-textiles que realmente podemos usar, e as máquinas de tricotar robóticas facilitam a integração cuidadosa e precisa dos fios condutores nas roupas. A missão da Myant é integrar a tecnologia no vestuário cotidiano, criando uma presença digital contínua para melhor conectar, aprimorar e proteger a humanidade. A Myant possui e opera uma fábrica de tricô robótico de ponta para suportar a fluidez e a precisão necessárias para criar roupas conectadas.

A empresa é líder em tecidos conectados e especializada em tricô, acabamento e pesquisa e possui uma instalação de tricô robotizada de última geração com mais de 20 máquinas de tricô sem costura e de urdidura computadorizadas. Estes equipamentos produzem roupas totalmente acabadas sem costura que reduz substancialmente a necessidade de costura manual ou acabamento de um produto.

O benefício do tricô robotizado para a indústria das roupas inteligentes é que permite produzir com a mesma qualidade que os clientes costumam esperar, ao mesmo tempo que introduzem fios inteligentes, integrados diretamente ao processo de tricô. A roupa sem costura é feita com sensores ativos que são invisíveis ao olho humano, mas revolucionária para a experiência dos usuários.

Há 7 anos, a empresa identificou nos tecidos a plataforma ideal que conectaria as pessoas à Internet das coisas. Desde então, a Myant vem desenvolvendo e montando a tecnologia necessária para nos conectar uns aos outros, e a nós mesmos à Inteligência Artificial. Foi construída toda uma infra-estrutura de alta tecnologia têxtil composta por uma talentosa equipe multidisciplinar de designers, engenheiros, médicos e cientistas para se criar a plataforma de computação têxtil mais avançada e holística do mundo.

Desenvolver algo inovador significa ser inventivo em muitas áreas e para isso foi necessário construir um ambiente de vanguarda que permitisse experimentar novas técnicas usando ferramentas não convencionais, rompendo a metodologia tradicional. Para ajudar as ideias a se tornarem tangíveis, foi criada uma infraestrutura muito singular de pessoas apaixonadas em um amplo espectro de educação, experiência e talentos.

As instalações da Myant contam com laboratórios de pesquisa e desenvolvimento, estúdio de design, eletrônica impressa, produção de corte e costura, tricô robótico e laboratório de hardware.

Aplicações no trabalho

A Smart Textile and Wearables Innovation Alliance inclui uma série de áreas especiais de interesse como:

  • Diagnósticos: tecidos inteligentes poderiam detectar indicadores de doenças como diabetes, doença de Alzheimer e epilepsia e monitorar sua progressão.
  • Bem-estar e cuidados com a saúde: habilitar os tecidos para oferecer um monitoramento contínuo pode permitir que os indivíduos tenham mais controle sobre sua própria saúde.
  • Segurança no local de trabalho: os tecidos inteligentes têm o potencial de monitorar o estado físico do usuário e se comunicar quando ocorrem condições perigosas, como o excesso de calor interno do corpo.
  • Treinamento cerebral e relaxamento: tecidos inteligentes utilizados em volta da cabeça podem ser habilitados para proporcionar exercícios cerebrais ou estimular o relaxamento.
  • Próteses: os membros protéticos podem funcionar com maior precisão com o uso de bandagens que detectam seu movimento e posição em relação ao corpo ou a outros membros.
  • Fitness e performance: equipamentos esportivos e vestuário podem ser equipados para acompanhar os níveis de desempenho e fitness.
  • Testes de terceiros e certificação de tecnologia e qualidade de fabricação.

Apoio a startups

Como o único centro de fabricação, pesquisa e design totalmente integrado, dedicado à criação de tecnologia vestível, a Myant se associa com startups em fase inicial para ajudá-las a alcançar o crescimento. Essas parcerias podem existir de várias formas, desde o financiamento semente e espaços de coworking, a joint ventures, licenças de tecnologia ou produção.

Financiamento colaborativo

Depois de trabalhar muito numa campanha de angariação de fundos para levantar milhões e gerar cobertura de mídia de massa em torno de sua ideia, os empresários devem se juntar a uma cadeia de suprimentos complexa e confiável que pode levar o seu protótipo ao mercado. A Myant está posicionada para ser a solução definitiva para este obstáculo. Com uma equipe experiente e motivada de solucionadores de problemas, Myant pode oferecer aos empreendedores uma rota clara para o cumprimento das encomendas.

O Brasil está preparado para a nova Era da moda inteligente?

Os EUA, Canadá, México e outros países europeus estão investindo na reestruturação de sua indústria têxtil adequando-a a nova realidade da Indústria 4.0 onde a moda se funde com a eletrônica através da tecnologia vestível. E como fica o Brasil nessa nova realidade da Era digital na moda? Será que em 10 anos ainda existirá indústria têxtil no Brasil com a concorrência e importação desses tecidos multifuncionais?

Desde o início dos anos 80 quando a China se tornou a “fábrica têxtil do mundo”, se fecharam mais de 438 empresas têxteis no Brasil, e um dos motivos é a importação de simples tecidos e malhas de algodão e poliéster da China. Quando esses tecidos conectados e inteligentes que oferecem serviços aos usuários começarem a ser importados as coisas poderão piorar ainda mais. O que estamos vendo é uma mudança radical e sem retorno na moda, e só vai sobreviver nessa indústria quem conseguir se reinventar.

DEIXE UMA RESPOSTA