O estúdio Comme Des Machines foi fundado em 2012 em Bilbao na Espanha e é dedicado à moda e tecnologia. Desde 2013, o estúdio se dedica a impressão 3D para as indústrias criativas, criando produtos personalizados feito localmente de forma rápida, eficiente, flexível e sustentável. Tendo a impressão 3D como ferramenta essencial na construção de novos paradigmas para o futuro da moda, o Commes des Machines acaba de fazer uma contribuição sem precedentes à indústria têxtil: o primeiro tecido criado por uma impressora 3D.

Por enquanto, o “Projeto Nora” que visa criar tecidos finos e flexíveis através de impressoras 3D é extremamente secreto. Aran Azkarate, CEO da empresa, revelou apenas que o material utilizado “vem de um setor completamente externo para o mundo da moda” e que “pode ​​ser tingido, costurado e ser incorporado pela Indústria“. Embora o projeto esteja numa faze muito inicial ainda, Azkarate está convencido de que em menos de dez anos, estaremos imprimindo nossas roupas em casa. Abaixo está uma mostra do tecido fino e flexível de impressão 3D.

Comme Des Machines quer revolucionar a moda criando tecidos de impressão 3D stylo urbano

Segundo Azkarate: “Esta técnica permite produzir tecidos de forma mais criativa, menos padronizada e acima de tudo, menos agressiva com o meio ambiente, porque vai ser produzido sob demanda, evitando assim os enormes estoques que agora existem”. Azkarate acredita que a impressão 3D de tecidos vai causar o fim da indústria têxtil tradicional e saúda uma nova era de possibilidades “infinitas”. “Essa tecnologia vai mudar a forma como fazemos as coisas, distribuímos, vendemos e consumimos”, prevê ele.

Embora parece ser algo muito interessante não está claro como a Comme Des Machines pretende superar a indústria têxtil atual com a fabricação aditiva. Se for através de simples máquinas de impressão 3D de mesa, acho impossível de acontecer por causa da limitação de tamanho. A não ser que estejam desenvolvendo uma nova tecnologia de impressoras 3D de grande formato para imprimir roupas completas como fazem as máquinas de tricô 3D. Mas o fato de conseguirem imprimir tecidos de plástico PLA fino e flexível já é um avanço.

Outra tecnologia promissora é a impressão de tecidos por jateamento criada pela empresa Tamicare chamado Cosyflex, que tem potencial para cria variações de tecidos ilimitados com qualquer combinação de características, padrões, estampagem ou perfurações na mesma folha.

Tecidos de impressão 3D tingidos de forma artesanal.

Abaixo estão alguns videos que mostram os tecidos de impressão 3D do Projeto Nora. Será quem em 2027 poderemos imprimir nossas roupas em casa? É nisso que a Comme Des Machines trabalha.

DEIXE UMA RESPOSTA