Michael Kaplan é um dos melhores estilistas que trabalham no cinema hoje. Ele é um figurinista incrivelmente versátil, tendo projetado filmes icônico de ficção científica como Blade Runner (adoro!), pelo qual ganhou um BAFTA, bem como Star Trek e Star Trek Além da Escuridão, mas também em outros tipos de filmes como Pearl Harbor, Clue, Clube da Luta, Mr. & Mrs. Smith, e Férias do Natal.

Ele praticamente definiu sozinho a tendência dos anos 1980 com o seu figurino esportivo sexy para Flashdance. Não é à toa que ele foi convidado para desenhar o figurino para um dos filmes mais esperados da década, e a responsabilidade de vestir os personagens de uma das franquias mais famosas da história do cinema! Michael compartilhou com o blog  de figurinos para cinema, Tyranny Of Style, algumas dicas emocionantes em seu processo de criação em Star Wars: O Despertar da Força, e alguns detalhes sobre tecidos e tecnologia.
Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-1

Todas os figurinos são do filme Star Wars: O Despertar da Força, criados por Michael Kaplan © Lucasfilm 2015

Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-2

Tyranny of Style: Você pode nos falar sobre o processo de inspiração do figurino da personagem Rey?

Michael Kaplan: “Quando eu comecei a desenhar o traje de Rey (o primeiro traje que decidi fazer) nenhuma atriz tinha sido lançado ainda. Eu gosto quando isso acontece, pois não sou influenciado pelo tipo de corpo, ou ser familiaridade com o trabalho anterior da atriz, etc. e isso me permite trabalhar de forma totalmente objetiva. É claro que eu já tinha lido o roteiro, que é sempre o meu roteiro inicial na descoberta de um personagem.

Eu sabia que Rey vivia e trabalhava em um clima desértico e opressivamente quente e empoeirado. Eu sabia que a sua vida como coletora de ferro-velho, necessitava de uma certa agilidade. Eu sabia que ela era pobre. Eu sabia que ela dirigia um speeder. Ao ter em mãos todas estas “pistas”, fui capaz de construir um personagem crível de dentro para fora.

Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-3

Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-4

Cada peça que ela usa tem uma razão ou finalidade; nada é supérfluo. Por exemplo, o tecido de gaze que ela usa cruzado sobre seu corpo pode ser envolvido em torno de seu rosto nas tempestades de areia. Seu turbante mantém o cabelo fora do seu rosto enquanto trabalha, e mantém a poeira fora de seu cabelo, e é realmente uma túnica, com as mangas amarradas ao redor de sua cabeça. Esta túnica pode ser usado em noites frias do deserto.

Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-5Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-7

Rey usa um par de óculos para proteger seus olhos do sol intenso e da poeira levantada ao montar seu speeder. As lentes do óculos usado por Rey foram retirado do capacete de um soldado Stormtrooper que ela obteve nos destroços de uma espaçonave no deserto. Isso nos dá informações sobre a engenhosidade da personagem em reciclar coisas velhas e dar novas funções a elas. A paleta de cores das roupas de Rey são apropriadas para o ambiente em que vive.

Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-6

T / S: Ficamos fascinados pela forma como você atualizou os elementos do filme, mas permanecendo fiel ao material de origem. Pode nos falar sobre como você encontrou esse equilíbrio com os Rebeldes e a Nova Ordem?

MK: O episódio “O Despertar da Força” segue “O Retorno do Jedi”. É o mesmo mundo, só que com vários anos de diferença entre os dois. Eu vi que o meu trabalho era revisitar esse mundo (30 anos depois), não para corrigi-lo, mas torná-lo melhor ou reinventá-lo. Quando comecei a trabalhar nos uniformes militares (dos Rebeldes e da Nova Ordem) Eu queria fazer uma distinção clara entre as 2 forças. Eu fiz isso através da criação de duas  paladares de cores diferentes, sendo os rebeldes em tons terrosos, óxido, ocre, verde-oliva e  marrom Siena.

Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-8Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-9

Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-10Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-10

O Nova Ordem foi feita nas cores preta, cinza de carvão vegetal, azul esverdeado, e, claro, branco para todos os Stormtroopers, Snowtroopers e Flame Troopers. Os tecidos usados pelos Rebeldes são de lã, flanela de lã, algodão e sarja, todos feitos sob medida. Os tecidos da Nova Ordem são lã acetinada e tecidos sintéticos, alguns com brilho e com silhueta de alfaiataria com toque futurista (pense na moda de Thierry Mugler em 1980,).

Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-11Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-14

T / S: O seu projeto para os Stormtroopers da Primeira Ordem é simplesmente fenomenal. Onde você começa sua busca de idéias para atualizar um traje tão icônico na história do cinema?

MK: Os Stormtroopers originais são surpreendentes e têm sido alguns dos trajes mais emblemáticos da franquia. Era importante atualizá-los para mostrar que 30 anos se passaram, mas o mais importante era não perder sua aparência reconhecível. Isso era algo que o diretor do filme e eu discutimos. Além de atualizar o design dos Stormtroopers era necessário atualizá-los para a resistência e conforto.

Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-18

As armaduras originais foram feitas de plástico fino. Elas eram frágeis e facilmente se rachavam. O novo script tem muito mais ação e as armaduras usados pelos dublês tinham que ser mais resistentes. As armaduras foram moldadas em poliuretano, muito mais forte e em certas áreas são mais flexíveis e confortáveis. Elas parecem ser muito mais solidas, e isso era importante para os espectadores mais sofisticados de hoje.

d28d1dbf77e3c805-des0170pr4kCCsRGBv031072upres-min

T / S: Como você fez a adaptação ne design do Stormtrooper para as outras variações de soldados da Primeira Ordem?

MK: Eu queria que os Flametroopers e Snowtroopers tivessem fendas nos capacetes através das quais pudessem enxergar, inspirado no protetor de olhos dos esquimós Inuit que eu vi no Museu de Arqueologia Pitt Rivers em Oxford. Claro, Star Wars é imenso, e eu dependia fortemente dos brilhantes artistas conceituais que estavam constantemente resolvendo problemas de design. Houve muitos projetos bonitos que todos nós gostaríamos de ter utilizado, mas a minha preocupação constante era que todos eles “pertencessem” ao universo de Star Wars. Isso exigiu uma grande quantidade de edição.

Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-19Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-20Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-23

T / S: Qual foi a inspiração por trás de projetar o incrível traje do Capitão Phasma?

MK: Enquanto estava me preparando para o filme, eu muitas vezes fui a museus em busca de inspiração. Londres é um lugar incrível para fazer isso. Eu amo The Wallace Collection e passei horas vagando em suas coleções de armaduras pesquisando suas formas originais e interessantes. Antes de ir lá, eu tinha uma imagem em minha mente de uma armadura de prata, inspirada pelas formas dos Storm Troopers. Eu descrevi a imagem para Dermot Power, um dos nossos artistas conceituais, e perguntou se ele poderia fazer um esboço. O resultado foi uma ilustração incrível.

Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-25

Não havia nenhum ponto no filme que necessitasse dessa armadura brilhante, mas eu amei olhar para ela. Eu a pendurei na parede em nosso estúdio de design. Um dia a produtora Kathy Kennedy e o diretor J. J. Abrams vieram para uma reunião. Ela olhou para o esboço e apontou, “o que é isso”? O diretor amou também e criamos o papel do capitão Phasma. Em um momento de brilho, (um dos muitos), ele contratou Gwendolyn Christie para o papel. A armadura é na verdade prateada.

Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-27

T / S: Kylo Ren é de longe um dos trajes mais marcantes do filme. Pode falar-nos sobre o processo global para projetar este traje?

MK: Kylo Ren foi provavelmente o personagem mais difícil de projetar. Ao longo dos anos tem sido criados muitos super-heróis. É difícil criar um projeto que não segue essa mesma linha. Minha equipe e eu trabalhamos muito estreitamente com o diretor tentando encontrar uma maneira de mostrar a admiração de Kylo por Darth Vader, emulando sem imitar. O diretor também queria que a máscara tivesse um design marcante e icônico. Nós utilizamos linhas curvas reflexivas sobre a máscara, que lembram muito o design de 1970, a década durante a qual, tudo isso começou.

Conheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-30

Todas as roupas de Kylo têm fortes texturas interesses. O tecido da capa tem um acabamento texturizado e brilhoso, porque ela foi feita em tons de preto, e eu estava preocupado em perder definição em situações de pouca luz. Suas mangas eram feitas de lona pesada, que foi tingida e foi plissada intencionalmente de forma desigual para em seguida, ser encerada. Eu amo a patina resultante.

b70b60cd73e676c7-les0020x1068trl3_088347v02-minConheça Michael Kaplan o figurinista de Star Wars: O Despertar da Força stylo urbano-31

T / S: Estou deslumbrado com a alfaiataria absolutamente impecável do general Hux. Você pode nos contar sobre a inspiração para seu traje? 

MK: Sim, nós temos um excelente alfaiate trabalhando conosco, que foi capaz de obter as silhuetas extremas que eu estava buscando. Eu amei a ideia de que ele vestisse de forma elegante seu sobretudo em seus ombros, como uma capa. Isso reflete o porte militar, sombrio e hierárquico do general Hux.

fa5d40273e7d93e8-587272731_JG_0015_89872E4C3944DC4B03D9452E12AB8A5F-minCom certeza o figurino é a parte mais importante para a ambientação de um filme pois uma imagem vale mais do que mil palavras.  O figurino tem tanto poder no nosso consciente que muitas vezes assistimos a filmes por causa dele e não pela história. Filmes que pecam no figurino em grande parte, fracassam nas bilheterias. O figurino é importante no teatro, novelas, séries, filme como também nos vídeos games. Veja a exposição chamada Outstanding Art of Television Costume Design que ocorreu em Julho de 2015 no FIDM Museum.

A view of the FIDM Museum. These costumes can be seen in the "Outstanding Art of Television Costume Design" exhibition in the FIDM Museum at the Fashion Institute of Design & Merchandising, Los Angeles. The exhibition is free to the public and runs Tuesday, July 21 through Saturday, September 26, 2015, 10:00 a.m. - 5:00 p.m.; closed Sunday/Monday. (Photo: Alex J. Berliner/ABImages)

DEIXE UMA RESPOSTA