Aproveitando toda a mídia global em torno do Hong Kong Fashion Week, a ONG Redress selecionou cinco ex-alunos do EcoChic Design Award para mostrar suas coleções de Outono/Inverno 2016 no dia 20 de janeiro de 2016. Eles trouxeram algumas respostas para a mais importante e talvez a mais controversa questão da indústria da moda atual: a sustentabilidade.

Os consumidores estão cada vez mais esclarecidos graças à mídia social e as marcas de moda ética. Mas a corrida do fast fashion para produzir cada vez mais roupas baratas e descartáveis teve graves consequências sócio-ambientais. A indústria do vestuário é a segunda maior poluidora do mundo, perdendo apenas para o petróleo, e isso a tornou um negócio realmente desagradável, uma bagunça.

A Redress (que já mencionei outras vezes) está trabalhando para mudar essa situação, não só através da introdução de normas ecológicas para a indústria da moda, mas pelo cultivo de jovens estilistas que constroem suas carreiras na moda em torno da ética e da sustentabilidade. O foco nos designers emergentes tem um importante motivo: “Se nós trabalhamos com designers emergentes, a sustentabilidade pode se tornar parte de seu DNA”, diz Christina Dean, fundadora e CEO da Redress.

EcoChic é uma experiência que dura vários meses, como um Project Runway. Em cada ciclo, os designers aprendem as verdades cruéis e sem nenhum glamour da indústria da moda antes de ter aulas sobre sustentabilidade, resíduos zero e aprender técnicas práticas como a reconstrução e upcycling. A fabricação das peças tem de ter resíduos têxteis mínimos. Veja o vídeo da Aljazeera sobre o processo de pesquisa dos estilistas num depósito de roupas usadas em Hong Kong para garimpar os tecidos para suas coleções do EcoChic Design Awards 2015/16.

Primeiro prêmio: O EcoChic Design Award Winner 2015/16 foi para a estilista e designer gráfica Patrycja Guzik da Polônia por sua caleidoscópica coleção de moda upcycled que ela engenhosamente criou utilizando resíduos de tecidos e roupas em seu estúdio em Cracóvia.  Patrycja vai agora criar uma coleção cápsula upcycled para Shanghai Tang, a principal marca de luxo da China. Clique nas fotos para ver em maior resolução.

Conheça os vencedores do EcoChic Design Award 2015/16 stylo urbano-1

O segundo prêmio: O EcoChic Design Award 2015/16 premiou em segundo lugar, Maria Cora Bellotto da Espanha. Cora receberá uma orientação com a guru da moda sustentável e co-fundadora do Fashion Revolution, Orsola de Castro.

Conheça os vencedores do EcoChic Design Award 2015/16 stylo urbano-2

A competição entre os 10 finalistas da Ásia e da Europa foi acirrada pois todos são muito talentosos como se pode ver pelas fotos. Usando técnicas de zero resíduos e upcycling, os estilistas deram uma nova vida para os tecidos e roupas descartados de uma variedade de fontes, incluindo lençóis de hotel, roupas de segunda mão e excedentes da indústria como retalhos e aviamentos.

A partir dessas origens humildes, os estilistas criaram verdadeiras esculturas vestíveis com detalhes luxuosos como apliques florais, enfeites pintados, pregas e retalhos de lã e de couro. O EcoChic Design Award é o maior concurso de design de moda sustentável do mundo para designers de moda emergentes focada na redução de resíduos, fique atento para mais detalhes sobre o próximo ciclo.

Fan Yu Tsang, Hong Kong

Conheça os vencedores do EcoChic Design Award 2015/16 stylo urbano-3

Sara Kiani – Inglaterra

Conheça os vencedores do EcoChic Design Award 2015/16 stylo urbano-5

Pan Wen, China

Conheça os vencedores do EcoChic Design Award 2015/16 stylo urbano-7

Esther Lui, Hong Kong

Conheça os vencedores do EcoChic Design Award 2015/16 stylo urbano-9

Wang Di, China

Conheça os vencedores do EcoChic Design Award 2015/16 stylo urbano-10

Belle Benyasarn, Tailândia

Conheça os vencedores do EcoChic Design Award 2015/16 stylo urbano-11

Annie Mackinnon, Inglaterra

Conheça os vencedores do EcoChic Design Award 2015/16 stylo urbano-12

Amy Ward, Alemanha

Conheça os vencedores do EcoChic Design Award 2015/16 stylo urbano-13

Nos dias que antecederam o EcoChic Design Award 2016, aconteceu a competição Ford Design Challenge criada pela montadora Ford e a Redress para criar um diálogo entre a indústria automotiva e da moda, especialmente quando se trata de soluções ambientais. Essa é a segunda vez que a Ford convida os 10 finalistas do EcoChic para criar uma roupa com seus tecidos de assento sustentáveis, feitos a partir de garrafas plásticas recicladas e resíduos pós-consumo.

Os vencedores do primeiro lugar foram a dupla Pan Wen da China e Amy Ward da Inglaterra por seu vestido cinza assimétrico. A dupla construiu o vestido em apenas três horas e meia na sequência de uma oficina pedagógica sobre o papel do design na sustentabilidade do produto. Veja abaixo o interessante vídeo do projeto.

DEIXE UMA RESPOSTA