Alguma vez você já se perguntou como um político malvisto pela maioria das pessoas pudesse encher uma sala com apoiadores gritando seu nome, dando a impressão que ele têm apoio popular? A “Crowds on Demand“ (aluguel de multidão) é uma empresa especializada em contratar atores de teatro de improvisação para fornecer a ilusão de que um candidato político é apoiado e aclamado pelas massas. A empresa americana tem prestado serviços aos atletas, celebridades e admitiu recentemente que atende a candidatos republicanos e democratas para eleição nos EUA para criar a ilusão de popularidade.

Seu fundador, Adam Swart diz que tem trabalhado com “dezenas de candidatos a presidência dos EUA“. A maioria deles são candidatos que sofrem de falta de entusiasmo e participação das massas em comícios e precisam de atores para representar o oposto, ou candidatos desconhecidos que surgem de repente como “salvadores da pátria” como foi o caso do democrata Obama, que de ilustre desconhecido foi alçado ao superestrelato quase como uma divindade. Lembram da histeria coletiva dos slogans “Yes We Can” e “Change We Need” do Obama? Ele foi e continua sendo o político que mais faz uso desse sistema.

Tudo falso da mesma forma que está sendo feito agora com a outra democrata Hillary Clinton que concorre a presidência americana e conta com o precioso trabalho da Crowds on Demand para tentar camuflar os seus inúmeros escândalos políticos de quando era Secretária de Estado do Obama. E os políticos além de poderem alugar multidões para inflar seus comícios, podem se utilizar de programas de efeitos gráficos como o cromakey usado por Hollywood para replicar multidões.

A empresa também trabalha para oferecer uma boa imagem aos candidatos e para reforçar a sua legitimidade. Por exemplo, a Crowds on Demand tem diferentes grupos de pessoas de diferentes idades, sexos e raças para serem fotografados em comícios, aplaudindo entusiasticamente o candidato. De acordo com Adam Swart, os trabalhadores na sua empresa assinam acordos de confidencialidade e não podem revelar que são parte de uma multidão de aluguel.

Recentemente, foi descoberto que um candidato republicano à presidência dos EUA, o bilionário Donald Trump, pagou US$ 50 por cabeça para que os grupos de atores da empresa aclamassem seu discurso, quando ele anunciou sua candidatura numa conferência de imprensa. Então, que outros benefícios a Crowds on Demand pode oferecer aos seus clientes? Adam disse que os seus grupos são treinados para dar um senso de legitimidade a um político.

“Eu descobri que a nossa abordagem tem levado a um aumento nos números das pesquisas e, em muitos casos aumentamos a margem de vitória por algumas razões:

A) Tirar fotos com políticos em comícios. Ter um grupo diversificado de pessoas (raça / sexo / idade) em torno do candidato é crítica especialmente para aqueles que estão constantemente seguidos por jornalistas, mas mesmo para aqueles que só atenção da mídia em eventos.

B) Torcidas empolgadas trazem mais atenção da mídia e mudam a narrativa sobre os candidatos. Os jornalistas sempre querem entender por que as pessoas apoiam o candidato x ou candidato y. Então oferecemos um grande número de partidários entusiastas que falam sobre seu amor pelo candidato e como o apoiam.

C) Dar um senso de legitimidade para o candidato entre os seus apoiantes existentes. Quando eles vêem muitas pessoas entusiastas em comícios, eles sentem que estão apoiando o candidato certo.

D) Estimula a auto-confiança dos candidatos. Alguns candidatos sabiam sobre as multidões pagas e outras vezes temos sido contratados por organizações externas. Em ambos os casos, o candidato vendo que tinha mais “adeptos” lhe dá maior confiança para encenar o seu teatro no palco. “

Esta é a realidade triste e infeliz sobre o mundo da política. E podemos ter certeza de que se isso acontece nos EUA, também acontece em outros países, principalmente em países com tendências populistas socialistas como os da América Latina na qual o Brasil se encaixa muito bem. Então da próxima vez você for a uma reunião política e ver fãs assim “loucamente apaixonados” com um candidato sem nenhuma razão racional, pergunte a si mesmo, será que esta pessoa está sendo paga para estar ali? Você está apoiando um político falso? No Brasil quem lança mão há 12 anos de um amplo sistema de aluguel de multidão é o PT como foi denunciado diversas vezes na mídia e no youtube.

O Brasil é um país corrupto e paternalista que finge ser uma “democracia” pois a população é obrigada a votar (isso é democracia?), tem que votar numa urna eletrônica ultrapassada que não lhe dá o direito de ter um comprovante impresso de confirmação do voto (isso é democracia?) sem falar que você “elege quem não quer” com a aberração do “quociente eleitoral” onde políticos conhecidos são os puxadores de votos que ajudam a eleger outros candidatos desconhecidos ou até desprezados pela população (isso é democracia?). Sem falar nas inúmeras denúncias de falcatruas envolvendo duas grandes empresas que fazem “pesquisa de opinião” que dão vitória ao candidato que paga mais pelos seus serviços. Em suma, as eleições no Brasil são uma completa piada!

Fonte: Anti-media

DEIXE UMA RESPOSTA